16/09/2013

[Resenha] Os Diários do Semideus - Rick Riordan





Os Diários do Semideus
Rick Riordan
Tradução por Débora Isidoro
Editora Intrínseca
288 páginas

Todo jovem semideus precisa se preparar para um árduo futuro: destruir monstros, aventurar-se pelo mundo e lidar com os temperamentais deuses gregos e romanos. 

Nesse volume recheado de relatos inéditos, retratos e entrevistas com personalidades do Olimpo, diagramas e brincadeiras criados pelo Escriba Sênior do Acampamento Meio-Sangue, Rick Riordan, Percy Jackson e seus amigos vão encarar inimigos perigosos e tarefas mortais. As lições aprendidas com essas histórias poderão salvar a vida de qualquer semideus! 

O novo livro de Rick Riordan veio para acrescentar mais informações à sua nova série: Os Heróis do Olimpo. Recheado de sacadas inteligentes e respostas para antigas perguntas, Os Diários do Semideus se torna leitura obrigatória para quem acompanha o cabeça de alga desde quando ele tinha doze anos.

O volume possui quatro contos e estes têm ligações tanto com a série Percy Jackson e os Olimpianos como com Os Heróis do Olimpo. No primeiro conto, intitulado O Diário de Luke Castellan, podemos conhecer um pouco mais sobre a relação de Luke, Thalia e Annabeth e todos os indícios da formação do caráter maldoso de Luke tanto como o motivo de sua traição.

No segundo conto, intitulado Percy Jackson e o cajado de Hermes, temos um motivo de alegria para os fãs de Percy e Annabeth, já que esta história é basicamente sobre o primeiro mês de namoro dos dois, e por serem semideuses, não poderia faltar muita aventura, perigos e monstros, tudo em uma busca que explica o início da série Os Heróis do Olimpo.

No terceiro conto, intitulado Leo Valdez e a busca por Buford, temos uma aventura com os heróis do primeiro livro da nova série de Riordan. Jason, Piper e Leo estão em busca de uma mesa que anda (?) e acabarão descobrindo coisas um tanto quanto preocupantes.

E por último, mas não menos importante, o quarto conto, intitulado Filho da Magia, foi escrito por Haley Riordan, o filho do Tio Riordan que foi inspiração para o primeiro livro de Percy Jackson (valeu Haley). Seu conto é muito bem-vindo pelos fãs, pois explica o que aconteceu com os semideuses que lutaram ao lado de Cronos e como funciona a névoa. Tudo isso envolto em personagens incríveis e em um final de tirar o fôlego que me deixou querendo mais.

Riordan me decepcionou um pouco com este livro. As histórias parecem ser mastigadas e todas parecem seguir a mesma fórmula, com poucas informações e pontes que ligam outros livros. O destaque mesmo fica para Haley que provou ter uma escrita, acreditem ou não, melhor que a do pai e criou algo convincente e espetacular.

De qualquer forma, a edição em capa dura e todo o cuidado da Intrínseca foi lindo. E em meio a acertos e erros, não dá para não amar as histórias desses personagens incríveis, e quanto mais melhor. Leitura mais do que recomendada para os fãs e para quem não conhece!

2 comentários:

Lucas Carvalho disse...

Fiquei um pouco decepcionado com o livro, você já tinha comentado sobre o ele e eu fiquei um pouco receoso. Claro que não deixarei de comprar, afinal é um item indispensável na estante de qualquer semideus. Por ser hardcover já ganhou alguns pontinhos hahaha (a intrínseca fez um ótimo trabalho como sempre).

Alice Guerreiro disse...

Livros de relatos me deixam super empolgada, adoro esse tipo de leitura, nunca li nada do autor mas pretendo começar a série, dizem que é mtooo boa!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team