13/09/2013

[Resenha] O Vendedor de Armas - Hugh Laurie





O Vendedor de Armas
Hugh Laurie
Editora Planeta
288 páginas

Hugh Laurie além de ter vários filmes famosos em seu currículo e interpretar o famoso médico da série House, também é escritor.

Ele é autor de O Vendedor de Armas, lançado em 1998 e publicado aqui no Brasil somente em 2009. Seu protagonista é Thomas Lang, um espião debochado e imoral, características que consagraram seu personagem mais famoso: House.

Lang é um expião que pode ser comparado à James Bond. Ex-combatente, ele recebeu uma proposta tentadora, assassinar um empresário norte-americano por nada menos que 100 mil dólares; mas, apesar de tudo, decide não realizar este feito e, mais que isso, resolve advertir o alvo da conspiração de que está sendo perseguido por um grupo de adversários.

Ao tomar essa decisão, porém, sua vida vira de cabeça para baixo, e ninguém é mais o que aparenta ser; ele nem mesmo sabe em quem pode realmente confiar. De armadilha em armadilha algumas pessoas e organizações passam a integrar sua rotina, como uma misteriosa e sedutora mulher, a CIA e o Ministério da Defesa.

A trama é divertida e repleta de peripécias. Possui características bastante comuns no gênero da espionagem, como grupos terroristas, extorsões concretizadas sob ameaças, pessoas que aparentemente são boas, mas no fundo, são seres terríveis e vice-versa. Sem falar no protagonista que cria diversas estratégias para se livrar situações difíceis. 

O livro é de tirar o fôlego e prende o leitor do início ao fim. A obra promete agradar os fãs do ator/autor e ainda trazer mais pessoas para este grupo. O Vendedor de Armas é um dos suspenses mais inteligentes de todos os tempos e com certeza agradará todos os gostos, até mesmo dos mais exigentes, com seu protagonista nada bonzinho que encanta garotas e dá tiradas inteligentes e engraçadas. A obra de Laurie não só fará sucesso porque é de um ator famoso, mas sim porque é bem escrita e envolvente.

Um comentário:

Lucas Carvalho disse...

Ggostei bastante da premissa do livro,e confesso que bateu uma vontade de ler. Pena que... vários livros na minha lista e está ficando bastante difícil acrescentar mais alguma coisa. A capa do livro é perfeita, simples e bonita.

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team