21/03/2013

[Resenha] Tequila Vermelha - Rick Riordan





Tequila Vermelha
Rick Riordan
Editora Record
432 páginas

Quando Jackson "Tres" Navarre e o seu gato Robert Johnson, que adora uma enchilada, chegam à cidade de San Antonio, são recepciodos por uma quantidade enorme de problemas!

Navarre deixou a cidade e as memórias do assassinato do pai para trás, há dez anos. Agora ele está de volta, e quer encontrar respostas. Mas quanto mais Tres se aprofunda na  busca por razões que afastem suas suspeitas, mais o crime do passado volta ao presente, e aumentam as complicações que o rodeiam: envolvimento com a máfia, subornos em empreiteirasd e astutos jogos políticos.

Fica cada vez mais óbvio que Tres mexeu num vespeiro! Ele é baleado, atacado, depois atropelado por um Thunderbird azul... e, ainda por cima, sua antiga (e ainda desejada) namorada está desaparecida. Tres precisa resgatar a moça, entregar os assassinos do pai à Justiça e dar o fora antes que a máfia texana o alcance. As chances de ele continuar vivo nunca pareceram tão distantes...

Sendo um grande fã de Riordan eu não via a hora de poder ler um de seus livros adultos. Tequila Vermelha foi o primeiro de muitos que lerei, pois Rick provou que é um autor versátil e que sabe muito bem como lidar com jovens, mas também com adultos.

No primeiro volume da série Tres Nevarre, o autor está em sua zona de conforto falando sobre seu amado Texas (Ele é nascido em San Antonio, no Texas). E ele sabe muito bem do que fala, pois faz descrições bem minuciosas das localizações onde seu protagonista passa e ainda trata um pouco sobre a cultura deste lugar, que parece ser um grande velho-oeste.

Tres Navarre é um personagem que agrada à todos. Sarcástico, egocêntrico, mandão e com muita atitude, ele não mede esforços para resolver seus negócios com suas próprias mãos, mesmo que isso signifique ficar frente a frente com o perigo. Outra personagem marcante é Maia, uma antiga namorada de Tres que chegará para ajudá-lo na resolução de um caso. Maia se tornou minha personagem favorita por ter características tão fortes quanto o protagonista. Rick construiu muitos personagens que aparecerão e sairão de cena à todo momento, por isso é dificil falar sobre todos.

A trama é narrada em primeira pessoa e isso nos permite saber o que se passa na mente de Tres, portanto às vezes nos pegamos rindo alto e socializando muito bem com ele. Os capítulos curtos também ajudam na leitura e ela acaba sendo rápida.

O mistério criado pelo autor foi muito interessante e suas revelações finais foram totalmente surpreendentes e imagináveis. Muitos personagens não são o que parecem e as respostas para as perguntas feitas nos primeiros capítulos são muito mais complexas do que imaginávamos. Juntando tudo podemos ver o quanto a trama feita por Riordan foi bem contruída e desenvolvida.

Mistérios, romances, mortes e revelações surpreendentes são o que envolvem esse livro apaixonante e que nos mostra um outro lado do autor de Percy Jackson. Uma leitura cativante e capaz de deixar qualquer um com vontade de conhecer mais das aventuras de Tres. Aguardo ansioso pelos próximos livros da série.

4 comentários:

joão otavio disse...

Adoro livros com personagens assim. Eles nos envolvem e faz entrar na trama junto com eles. Também adoro mistérios e que tudo é revelado em um final surpreendente. Ainda lerei este livro, aguardem...

Vanessa Llona disse...

Gosto muito do Rick Riordan, e estava com um pouco de medo de ler esse livro, pq geralmente quem escreve livros infanto juvenil, peca quando vai escrever um adulto, mas pelo jeito esse é bom. Gosto muito de personagens "vaqueiros".

Vanessa Llona disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leonardo Oliveira disse...

Oi, Rieri!
Ainda não tive a oportunidade de ler nada do Rick Riordan, mas creio que começar por Tequila Vermelha seria um grande começo. O livro possui características que considero importantíssimas em uma obra, e sem falar que pelo que ouço e leio do autor, este livro é mais um grande sucesso!
Espero ler algo do Rick ainda este ano, e ver se ele é realmente bom, haha.

Um abraço, http://umleitoramais.blogspot.com.br/

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team