09/02/2013

[Resenha] Diários do Vampiro - Reunião Sombria - L. J. Smith





Diários do Vampiro - Reunião Sombria
L. J. Smith
Editora Galera Records
256 páginas

Reunião Sombria é o quarto livro da série "Diários do Vampiro". Se você ainda não leu os volumes anteriores, talvez seja melhor não ler esta resenha, pois ela pode apresentar alguns spoilers. Confira as resenhas de: O Despertar, O Confronto e A Fúria.

Apesar de para sempre marcados pela tragédia, Bonnie, Meredith e Matt tentam retomar o rumo de suas vidas. Até que sonhos e premonições alertam Bonnie que um mal antigo e poderoso ameaça todos e é preciso buscar ajuda...

Com a morte de Elena, Stefan e Damon deixam Fell's Church e voltam a vagar pelo mundo sob a cruz de sua sina: a sede de sangue. Mas um chamado inesperado os coloca novamente no caminho de Elena - e daqueles que ela ama.

Presa entre a vida e a morte, Elena permanece ligada a Stefan, por quem se sacrificou. Mas, quando um grande perigo ameaça a cidade e seus amigos, o destino oferece a ela mais uma chance de reencontrar o amor.

Depois de um final surpreendente e desesperador em A Fúria, a dúvida que reinava era: como L. J. Smith daria continuidade na sua série sem sua personagem principal? Mas eu não me canso de dizer que essa mulher é espetacular e sabe o que faz.

Logo de início podemos perceber uma coisa: Reunião Sombria foca muito mais em Bonnie. Afinal, sem Elena, ela se torna o destaque e durante o decorrer da leitura entenderemos o por quê. Mas não só ela, como também Meredith, Matt, Caroline e Vickie são o centro da trama.

Bonnie, que era minha personagem favorita, ganha seu espaço e podemos ver o quão importante são seus poderes e acompanhamos o desenvolvimento deles. Ela também se mostra uma garota muito forte e centrada no que precisa para salvar seus amigos e família. Meredith apresenta seus segredos mais profundos e se torna uma personagem maravilhosa. Matt vê cada vez mais que suas amigas estão com grandes problemas e precisa cuidar delas, o que o faz se meter em mais perigos. Caroline agora não é mais uma vilã egoísta, ela se tornou amiga de Bonnie e Meredith e quer a união de todos. Vickie terá um papel importante na descoberta do terrível mal que assola Fell's Church. E os irmãos Salvatore se acertaram, pelo menos é o que parece.

O ponto principal desta história é a busca dos personagens pela forma de eliminar um terrível mal que assola a cidade e tem trazido um rastro de mortes por onde passa. Mas ele estaria trabalhando sozinho? A cada capítulo vamos entendendo um pouco mais deste mistério que parece ser muito mais profundo do que imaginamos. Para quem acompanha a série de TV pode até mesmo saber de antemão quem está por trás disso, mas mesmo assim a leitura é supreendente.

Mais uma vez a autora vai surpreender o leitor com suas reviravoltas e descobertas de tirar o fôlego. Além de colocar muito suspense, perguntas e ação em sua história. Ela ainda é incrível suficiente para colocar tudo nos eixos e fazer com que tudo faça sentido para que possamos respirar aliviados e saber que a série acaba bem e como realmente deveria. Sem palavras para L. J. Smith.

Reunião Sombria é um desfecho incrível para a série, com a medida certa de suspense, ação e mistérios. Mas sabemos que depois temos "Diários do Vampiro: O Retorno" que é como uma "nova temporada" com uma nova história. Por enquanto os quatro livros que compõe esta série foram os melhores que já li e L. J. Smith conquistou um lugarzinho no meu coração como autora favorita. Mal posso esperar para ler os outros livros. Dizer que está recomendado é pouco!

2 comentários:

Lucas Carvalho disse...

Achei interessante o livro ter um desfecho, mas não ser basicamente o fim. Fiquei empolgadíssimo para ler os livros. O único livro que li da escritora foi Círculo Secreto e tenho certeza que apaixonarei por esse livro tanto quando me apaixonei por círculo secreto.

Rieri Frugieri disse...

Ouso dizer que você se apaixonará ainda mais por Diários do Vampiro do que por Círculo Secreto (apesar de também amar Círculo Secreto). Ah, tudo que a L. J. Smith faz é perfeição.

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team