25/01/2013

[Resenha] Diários do Vampiro: O Despertar - L. J. Smith

Diários do Vampiro: O Despertar
L. J. Smith
Editora Galera Record
240 páginas

Irmãos e inimigos mortais, Damon e Stefan Salvatore são assombrados por um passado trágico. Vivendo nas sombras desde a Renascença italiana, eles estão condenados a uma vida solitária: são vampiros. Séculos mais tarde, o destino parece levá-los a percorrer o mesmo caminho que um dia os conduziu àquela vida amaldiçoada e eterna.   

Em Fell´s Church, na Virgínia, Stefan conhece Elena Gilbert, uma adolescente bela e popular. No encalço de Stefan, Damon procura vingança, e logo Elena se verá divida entre os dois irmãos - e entre o amor e o perigo.  

Quem me conhece sabe que eu acompanho a série The Vampire Diaries desde o começo. Quando começei assistir achei esta uma série incrível... até a segunda temporada, pois depois a série ficou muito monótona. Mas continuo acompanhando e tendo esperança que esta vá melhorar.

E por conta da série eu sempre tive curiosidade de ler os livros que deram origem a esta. Graças à uma promoção ótima do submarino eu pude comprar o box com os quatro primeiros livros e agora enfim lerei todos de uma vez.

Como eu assisti a série antes de ler o livro algumas descrições e situações pareceram estranhas para mim, mas nada que me perturbasse, pois eu sabia que seria assim e tentei ler ao máximo sem dar atenção as características e situações diferentes.

Elena é chata. Ela é mimada e quer que todos façam aquilo que ela manda. Ela se sente como a rainha do mundo e todos precisam se ajoelhar diante dela. Temos sorte porque na metade do livro ela muda para uma garota legal e decidida, mas sem deixar sua característica "Bella Swan" de ser, do tipo: "Eu me entregaria para você, eu não vivo sem você" e toda aquela melação de sempre. Stefan é um Edward da vida, aliás, gostaria de saber porque todo personagem vampiro tem que ser depressivo e antiquado. Stefan sempre anda de cabeça baixa, sofrendo e fica o tempo todo entre amar e odiar Elena e nunca se decide. Mais uma vez temos sorte de ele evoluir e se tornar um personagem melhor até o final do livro. Damon, o irmão de Stefan, com certeza é meu personagem favorito. Ele é o único que salva, até porque ele tem característica marcante, com muita ironia. 

Durante a leitura eu me senti em uma montanha-russa, oscilando entre odiar e amar a autora. Odiei ela porque ela cometeu um grande erro. Analisem comigo: Elena já é chata por ser mimada e para piorar quando ela vê Stefan ela age como: "Eu quero ele". Ela até termina com o namorado para ficar com ele, sendo que ela nunca sentiu uma fagulha de amor por Stefan. A garota simplesmente decide que quer ele, como se o vampiro fosse um troféu ou algo parecido. E para piorar: Elena não sabe nada sobre Stefan e quando ele a beija em uma noite, no outro dia ela já diz que ama ele e que não pode viver sem ele. Cadê o desenvolvimento? cadê o estágio em que você conhece a pessoa e depois, só depois, se apaixona por ela? Achei que a autora fez uma situação bem pior com seu casal do que Stephenie Meyer fez com Edward e Bella.

Mas este incômodo e "erro" da autora é só durante as primeiras páginas, pois depois a amei pelo fato dela construir situações de tirar o fôlego e tudo ganhar um ritmo muito envolvente. As situações do começo do livro começam a entrelaçar com o final e tudo ganha sentido. Explicações são feitas e uma história muito ampla começa a aparecer. Muitas surpresas e revelações me fizeram esquecer o começo tediante do livro e apenas amá-lo e ficar ansioso para a continuação. Aliás, para quem não sabe, a autora escreve os livros realmente para uma continuação, pois o início do segundo livro é dado exatamente onde parou o primeiro.

No geral eu posso dizer que me surprendi, eu não consigo falar sobre este livro sem o elogiar. L. J. Smith é simplesmente incrível e cria uma história muito envolvente, repleta de ação, mistérios, surpresas e reviravoltas e sempre com um final de deixar o leitor sem fôlego. Começo a ler o segundo ainda hoje, pois estou ansioso para descobrir o que a autora preparou para nos surpreender ainda mais. Livro totalmente recomendado. 

2 comentários:

Alisson disse...

E você não irá se decepcionar com o segundo. Sou suspeito pra falar por que A-M-O os livros da L.J. Smith mas TVD é a melhor série dela!

Alisson,
contandolivros.blogspot.com

Rieri Frugieri disse...

Então, eu fiquei louco com o final do primeiro e isso me deixou mais empolgado pelo segundo, tenho certeza que vou amar.

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team