03/12/2012

[Resenha] A Escolha - Nicholas Sparks

A Escolha
Nicholas Sparks
Editora Novo Conceito
307 páginas

Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta.

Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever.  

Sempre que eu estou lendo algum livro do Nicholas as pessoas viram para mim e perguntam: Se você não gosta de romances, porque está lendo um livro do Nicholas Sparks? A minha resposta é simples: Nicholas se tornou meu autor favorito e seus livros abrangem muito mais do que o romance. Suas histórias falam sobre família, amigos e cotidiano e isso que me faz gostar de seus livros. Não foi diferente com A Escolha que é um livro leve e rápido de se ler. Grande parte da história se passa em um final de semana, o que faz 200 páginas parecerem 10 e isso faz a leitura fluir muito bem.

O que mais agrada narrativa do autor é a sua construção de personagens, que não são adolescentes, mas sim adultos que são decididos e tem características fortes. Gabby é uma mulher dura na queda, forte e decidida do que quer dá vida. Já Travis é o cara que quer sempre resolver as coisas numa boa, sem confusão. É calmo, divertido e muito amoroso. Os personagens criados por Nicholas criam um vínculo muito bom com o leitor e não dá para reclamar que tal personagem estragou o livro.

A primeira parte é bem divertida, narrando o cotidiano de Gabby e Travis e a relação de ambos com a família, os amigos e os cachorros (animais que parecem estar frequentes em livros do autor). Mas é na segunda parte que Nicholas resolve dizer: "Ei, eu não estou aqui para fazer uma história simples e clichê", e então coloca toda a sua característica já conhecida, fazendo o leitor ficar apreensivo e com o coração na mão. Confesso que este foi o primeiro livro que eu criei algum vínculo com os personagens e quase tive meu coração partido pensando na maneira que o livro iria acabar. Principalmente quando me toquei o por quê do título ser "A Escolha" (outra coisa legal dos livros do Nicholas, seus títulos nunca são objetivos, sempre é preciso ler para entender o sentido que este tem com o enredo). Mas então Nicholas mostra mais uma vez que sabe como terminar uma história com maestria, ele sabe dar o final que cada livro merece e neste não foi diferente. Adorei como tudo acabou.

Um livro leve, rápido, engraçado e muito bom, que prova mais uma vez que Nicholas Sparks não é só um autor de livros melosos, mas que sabe sim como construir um enredo que envolve o leitor e mexe com seus sentimentos. A Escolha está recomendado!

3 comentários:

rubia disse...

quero muito ler, adoro os livros do Nicholas Sparks! adorei a resenha também

Pâmela disse...

Mais um livro que prometer ser maravilhoso... estou doida pra comprá-lo!
Nicholas Sparks também é meu autor favorito, não tem como não se apaixonar pelas histórias dele...

Um Container disse...

Sou super fã das historias do Nicholas Sparks, totalmente apaixonado por cada livro dele que eu já li. Agora estou lendo esse livro e até o momento estou amando (assim como os outros). Espero terminar ele logo para começar outros o mais rápido possível. Adorei seu blog, já está nos favoritos.

Meu blog: www.umcontainer.com
Meu canal: youtube.com/umcontainer

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team