31/07/2012

O Nome do Vento - Patrick Rothfuss

O Nome do Vento
Patrick Rothfuss
Editora Arqueiro
656 páginas

Ninguém sabe se Kote é na realidade um herói ou um vilão.  Ele esconde sua identidade ao se tornar o proprietário da  pousada Marco do Percurso. 

Da infância numa trupe de artistas itinerantes, passando pelos anos vividos numa cidade hostil e pelo esforço para ingressar na Universidade. Nesse primeiro livro acompanhamos a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida: o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano – os lendários demônios que assassinaram sua família no passado.

Quando esses seres do mal reaparecem na cidade, um cronista suspeita de que o misterioso Kote seja o personagem principal de diversas histórias que rondam a região e decide aproximar-se dele para descobrir a verdade.

Pouco a pouco, a história de Kote vai sendo revelada, assim como sua multifacetada personalidade – notório mago, esmerado ladrão, amante viril, herói salvador, músico magistral, assassino infame.

Nesta provocante narrativa, o leitor é transportado para um mundo fantástico, repleto de mitos e seres fabulosos, heróis e vilões, ladrões e trovadores, amor e ódio, paixão e vingança.

O Nome do Vento é aquele tipo de livro que  você encontra na sessão juvenil de sites de compra e logo se apaixona por sua capa, e ao ler a sinopse se encanta mais ainda. Ele possui uma narrativa que vai agradar muito os amantes de fantasia épica e mistério. Patrick Rothfuss escreveu uma história rica em detalhes e criou um personagem que marca o leitor.

Kote é um protagonista diferente de todos que você já conheceu. No começo da trama ele parece rabugento, misterioso e antipático, mas ao contar sua vida, percebemos que na verdade ele passou por muitas dificuldades e passou por muitos apuros, mas também por muitas alegrias e paixões, o que faz o leitor entender um pouco mais e formar uma opinião sobre o caráter do mesmo. 

Não só ele, mas todos os personagens desta história são enigmáticos, espertos e de característicar fortes, o que dá um ar fascinante para o livro.

De início, a narrativa parece ser cansativa e estranha, mas ao decorrer da leitura você se pega fissurado com os acontecimentos e louco para descobrir o que irá acontecer. Desde Kote tentando sobreviver sem seus pais até a sua luta por conseguir chegar ao Arquivo e descobrir mais sobre o Chandriano, ficamos vidrados e apaixonados por tudo que lemos.

Temos dois tipos de narrativas que ocorrem. Temos a narrativa em terceira pessoa que acontece quando estamos no presente, com Kote, o Cronista e Bast (Ajudante de Kote) e temos a narrativa em primeira pessoa que acontece quando somos levados para o passado de Kote e podemos conhecer tudo através dele mesmo. 

A leitura é fantástica, mas tenho que confessar: É cansativa. São 656 páginas com uma letra pequena, e quando temos a impressão que lemos muito, na verdade lemos apenas 10 páginas. Mas não deixe isso te desanimar, quando você lê o epílogo, você percebe que este realmente foi um livro incrível e que o final deixou uma enorme ponte para a sua continuação: O Temor do Sábio.

Apenas um comentário: o prólogo e o epílogo têm o mesmo conteúdo e isso parece acontecer com todos os volume da trilogia. Isso deixa um ar misterioso, que se você ler poderá entender o que quero dizer.

O Nome do Vento vai agradar todos os leitores por ser único. Sim, ele é único, é diferente de tudo que você já leu e promete surpreender muito, além de te deixar curioso e louco por mais histórias, que estão contidas nos próximos volumes. A forma que Patrick constrói a trama é incrível e ele sabe como ganhar os leitores. Se você gosta de fantasias épicas e uma boa história não perca a oportunidade de ler este livro, eu com certeza recomendo.

30/07/2012

Lançamentos de Agosto - Editora Intrínseca

A Editora Intrínseca anunciou recentemente os títulos que irá lançar no mês de Agosto, e se preparem porque temos bastantes novidades:


06/08 – Puros, de Julianna Baggott
O primeiro livro dessa série distópica se passa em mundo destruído por explosões que não só devastaram a paisagem, mas mudaram para sempre a vida dos sobreviventes: grande parte dos seres humanos sofreu algum tipo de deformação e teve seu corpo fundido com animais, objetos ou com a própria terra. Houve, porém, quem escapasse ileso do apocalipse. Esses são os Puros, mantidos a salvo pelo Domo, que protege seus corpos saudáveis e superiores.

08/08 – Murmúrio, de Alyson Noël
No quarto volume da Série Riley Bloom, a protagonista precisa tirar de circulação o fantasma de um gladiador romano, conhecido como “Pilar da Destruição”. Apesar do medo, ela mergulha naquele universo feroz e passa por uma enorme transformação — mais alta, mais velha, mais bonita, ela se torna a jovem que sempre quis ser e, enfim, envolve-se em uma grande história de amor. Com tantos sonhos realizados, será que Riley vai mesmo levar a cabo sua missão e deixar para trás o mundo novo e perfeito do qual passou a fazer parte?

08/08 – Os arquivos perdidos: Os Legados do Número Nove, de Pittacus Lore
Prequel da série Os Legados de Lorien, esse aguardado lançamento da série Os arquivos perdidos, disponível somente em e-book, narra a história por trás do Número Nove. Antes de encontrar John Smith, também conhecido como Número Quatro, e antes de ser preso, Nove vivia em Chicago com seu Cêpan, Sandor. Entediado pela infinita rotina de treinamentos e nenhuma ação, ele decide capturar e abater um mogadoriano. O que aconteceu depois disso muda Nove para sempre…

10/08 – Como partir o coração de um dragão, de Cressida Cowell
Nessa nova aventura da série Como treinar o seu dragão, Soluço Spantosicus Strondus III, o mais grandioso herói já visto em todo o território viking, está bastante ocupado: tem que conseguir completar a Tarefa Impossível, derrotar os Berserks, salvar Perna-de-peixe de virar comida de monstro e, ainda por cima, descobrir o secretíssimo segredo do Trono Perdido. Parece muita coisa? Não para Soluço; afinal, é para isso que servem os heróis, não é?

01/08 – Cinquenta tons de cinza, de E L James
No primeiro livro da trilogia adulta de E L James, a inocente Anastasia Steele conhece o jovem empresário Christian Grey, e descobre-se irremediavelmente atraída por esse homem sexy e dominador. Ele também a deseja desesperadamente — mas em seus próprios termos. Por trás da fachada de sucesso, Christian é atormentado pelo passado e obcecado por controle.

06/08 – A arte de viajar, de Alain de Botton
Observador crítico do cotidiano, Alain de Botton reflete sobre as motivações que nos levam a partir para lugares distantes, abandonando o conforto do lar para enfrentar o desconhecido. Nesse volume fartamente ilustrado, ele contribui para que nossas jornadas sejam, acima de tudo, mais felizes.

11/08 – 4 horas para o corpo, de Timothy Ferriss
Nesse guia pouco convencional de bem-estar, Tim Ferriss procurou a resposta para a seguinte pergunta: do ponto de vista físico, quais são as menores mudanças que produzem os maiores resultados? Todas as respostas para homens e mulheres que buscam aprimorar seu desempenho físico, esportivo e sexual estão reunidas aqui.

20/08 – Homem-máquina, de Max Barry
Em uma sátira sobre como a sociedade contemporânea se tornou tão dependente da tecnologia, Homem-máquina narra a estranha e divertida jornada de um homem em busca do autoaprimoramento. Quando perde uma das pernas em um acidente de trabalho, Charlie não encara a situação como uma tragédia, mas como uma oportunidade para colocar em prática algumas ideias.

 É claro que estou ansioso para Puros, afinal, é uma distopia e tem uma capa incrível. 
Ansioso também por Os Arquivos Perdidos: Os Legados do Número Nove. Eu já li todos os livros lançados da série Os Legados de Lorien e adoro, será muito interessante esse prequel, porque poderemos conhecer mais sobre o personagem que teve sua primeira aparição em O Poder dos Seis.

Fonte: Intrínseca

Lançamentos de Agosto - Editora Novo Conceito

A Editora Novo Conceito anunciou recentemente seus lançamentos para o mês de Agosto. Como de sempre, serão lançados quatro títulos que variam de suspense, romance, drama e aventura. Confiram: 

P.S. Eu te Amo - Cecelia Ahern: Gerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada. Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca.





 Cuco - Julia Crouch: Polly é a mais antiga amiga de Rose. Então quando ela liga para dar a notícia que seu marido morreu, Rose não pensa duas vezes ao convidá-la para ficar em sua casa. Ela faria qualquer coisa pela amiga; sempre foi assim. Polly sempre foi singular — uma das qualidades que Rose mais admirava nela — e desde o momento em que ela e seus dois filhos chegaram na porta de Rose, fica óbvio que ela não é uma típica viúva. Mas quanto mais Polly fica na casa, mais Rose pensa o quanto a conhece. Ela não consegue parar de pensar, também, se sua presença tem algo a ver com o fato de Rose estar perdendo o controle de sua família e sua casa. Enquanto o mundo de Rose é meticulosamente destruído, uma coisa fica clara: tirar Polly da casa está cada vez mais difícil.

O Começo do Adeus - Anne Tyler: Anne Tyler nos leva a um romance sábio, assustador e profundamente tocante em que descreve um homem de meia-idade, desolado pela morte de sua esposa, que tem melhorado gradualmente pelas aparições frequentes da mulher — na casa deles, na estrada, no mercado. Com deficiência no braço e na perna direita, Aaron passou sua infância tentando se livrar de sua irmã, que queria mandar nele. Então, quando conhece Dorothy, uma jovem tímida e recatada, ele vê uma luz no fim do túnel. Eles se casam e têm uma vida relativamente modesta e feliz. Mas quando uma árvore cai em sua casa, Dorothy morre e Aaron começa a se sentir vazio. Apenas as aparições inesperadas de Dorothy o ajudam a sobreviver e encontrar certa paz. Aos poucos, durante seu trabalho na editora da família, ele descobre obras que presumem ser guias para iniciantes durante os caminhos da vida e que, talvez para esses iniciantes, há uma maneira de dizer adeus.


 O Reino - Clive Cussler: Em Spartan Gold e Lost Empire, Clive Cussler levou os leitores ao mundo do time do casal Sam e Remi Fargo, em que suas paixões e instinto para caçar tesouros trouxeram descobertas extraordinárias e jornadas perigosas. A próxima aventura do casal, no entanto, pode ser mais ainda aterrorizante. Os Fargos são especialistas em caçar tesouros e não pessoas. Mas, então, um barão do petróleo de Texas os procura com uma pedido pessoal: um investigador amigo dos Faros estava em uma missão para procurar o pai do barão, porém, agora ele também está sumido. Sam e Remi seriam capazes de procurar pelos dois? Apesar de não ter adicionado muita informação sobre o caso, Fargos concorda em começar a procura. O que eles encontrarem irá além do que eles imaginaram. Em uma viagem que os irá levar a Tibet, Nepal, Bulgária, Índia e China, os Fargos serão envolvidos com um mercado negro de fósseis, um baú centenário e o ancião do Reino Tibetano de Mustang, um dirigível do século anterior...

 Achei todos incríveis.  
P.S. Eu te Amo tem um filme que foi lançado a algum tempo e eu já assisti e sei que é lindo, porém estou interessado no livro.
Cuco parece ser um ótimo suspense, e como eu adoro esse gênero, confesso estar ansioso. A sinopse parece com um filme que assisti recentemente: A mão que balança o berço.
O Reino segue o estilo de O Espião, e por eu não ter gostado deste, pressume-se que eu não queira lê-lo, certo? Errado! Eu amei a capa e estou disposto a dar uma chance já que é um livro com outros personagens e com outro autor junto de Clive Cussler. 

29/07/2012

Série Como Treinar o Seu Dragão ganha novo livro no próximo mês

A famosa série Como Treinar o Seu Dragão (adaptada para o cinema pela DreamWorks em 2010) tem o seu oitavo volume anunciado pela editora Intrínseca. O livro será lançado em 8 de Agosto e a editora já apresentou a capa e a sinopse: 



Soluço Spantosicus Strondus III foi o mais grandioso herói já visto em todo o território viking. Ele era bravo, impetuoso e muitíssimo inteligente. Mas até mesmo os grandes heróis podem ter dificuldades no começo, principalmente se têm como companheiro um dragãozinho teimoso e mal-educado.

Nessa nova aventura da série, Soluço está bastante ocupado: tem que conseguir completar a Tarefa Impossível, derrotar os Berserks, salvar Perna-de-peixe de virar comida de monstro e, ainda por cima, descobrir o secretíssimo segredo do Trono Perdido. Parece muita coisa? Não para Soluço; afinal, é para isso que servem os heróis, não é?

Mesmo a série sendo infanto-juvenil sempre tive vontade de ler, parece ser legal!

Capa do livro "A Seleção" de Kiera Cass.

Em setembro a editora Seguinte (novo selo editorial para o público jovem da Companhia das Letras) lançará o livro A Seleção da escritora Kiera Cass.

No exterior o segundo volume da série, The Elite, tem previsão de lançamento para 2013 e ainda não teve sua capa divulgada.


Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de suas vidas. A oportunidade de escapar da vida estabelecida para elas desde o nascimento. Entrar em um mundo de vestido brilhantes e joias de valor inestimável. De viver em um palácio e competir pelo coração do lindo Príncipe Maxon.
Mas para America Singer, ser Selecionada é um pesadelo. Isso significa virar as costas para seu amor secreto com Aspen, que é de uma casta menor que a dela. Deixar sua casa para entrar em uma competição acirrada por uma coroa que ela não quer. Viver em um palácio constantemente ameaçado por rebeldes violentos.
Então, America conhece Príncipe Maxon. Gradualmente, ela começa a questionar todos os planos que fez para si mesma – e percebe que a vida que ela sempre sonhou não é nada comparada com o futuro que ela nunca imaginou.
 Mais jogos? Mais sociedade? Mais triângulos amorosos? Enfim, de qualquer forma é interessante.

Tudo sobre Divergente de Veronica Roth.

   Uma série que tem feito muito sucesso no exterior finalmente chega ao Brasil. Sim, a Rocco adquiriu os direitos de publicação de Divergente da autora Veronica Ruth. A série já possui 2 volumes publicados lá fora e o terceiro deve sair em 2013. Abaixo você pode conferir a capa, sinopse e data de lançamento:

Capa sensacional!

Uma escolha
Uma escolha decide seus amigos, define suas crenças, e determina a sua lealdade… para sempre.
Ou, uma opção pode transformá-lo.
Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em 5 facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível.
Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.
Lançamento:  10 de Setembro de 2012

Compre Divergente em pré-venda no Submarino

Mais uma distopia para a nossa alegria... Ansiosos?!

Anunciada capa de A Corrida de Escorpião.

   Já faz algum tempo que a capa de "A Corrida de Escorpião" foi anunciada aqui no Brasil. O livro é da autora Maggie Stiefvater, conhecida por seus livros da série"Os Lobos de Mercy Fall", lançado por aqui pela aditora Agir. Confiram abaixo a capa e a sinopse: 

  
A cada novembro, os cavalos d’água emergem do oceano e galopam na areia sob os penhascos de Thisby. E, a cada novembro, os homens capturam esses cavalos para uma corrida eletrizante e mortal. Alguns cavaleiros sobrevivem. Outros, não. 

Aos 19 anos, Sean Kendrick já foi quatro vezes campeão. Ele é um jovem de poucas palavras e, se tem medos, guarda-os bem escondidos, onde ninguém possa vê-los. Puck Connolly é uma novata nas Corridas de Escorpião. Ela nunca quis participar da competição, mas o destino não lhe deu muita escolha. 

Sean e Puck vão competir neste ano, e ambos têm mais a ganhar – ou a perder – do que jamais pensaram. Mas apenas um deles pode vencer.

O livro não é uma distopia, mas tem toda uma pegada de jovens participando de jogos onde só um sobrevive. Parece ser bem interessante, não é? 

26/07/2012

Bookshelf Tour


Já fazia algum tempo que eu estava querendo gravar este vídeo. Houve alguns impedimentos, mas aqui está: Bookshelf Tour. 

Me desculpem se a qualidade do vídeo não é a melhor, mas é que meu quarto está bem escuro e a janela está impossibilitada de ser aberta. E me desculpem pela pequena quantidade de livros, mas são bem legais e interessantes e vale a pena conferir. Sem mais demoras, confiram:


25/07/2012

Série #9 - Game of Thrones


A série de televisão segue as múltiplas histórias dos livros de A Song of Ice and Fire. Se passando nos Sete Reinos de Westeros, onde "verões duram décadas e os invernos uma vida inteira", Game of Thrones mostra as violentas lutas dinásticas entre as famílias nobres para ter o controle do Trono de Ferro de Westeros. Enquanto isso, nas regiões desconhecidas ao norte da Muralha e nos continentes ao leste, ameaças adicionais começam a surgir.

Sempre tive curiosidade de ler a série de livros e também com incentivo de amigos, começei a assistir a série. Eu tinha uma ideia totalmente diferente do que seria a trama, afinal, fiz uma confusão do título com um filme de dragões que foi lançado algum tempo atrás. Mas Game of Thrones é totalmente original e incrível.

Por enquanto, só assisti a primeira temporada e então comentarei apenas esta. No início, nós somos apresentados aos personagens e por serem muitos, você pode ficar meio confuso no começo. Mas nada que um pequeno vicío e alguns outros episódios te façam se acostumar com eles e decorar seus nomes. 

A história é bem complexa e cheia de detalhes. Temos três histórias acontecendo ao mesmo tempo: o desenvolvimento de acontecimentos entre a família Stark, acontecimentos entre os Lannisters que afetam a família Stark e dá um grande pano para a série e principalmente o desenvolvimento de Daenerys (Khaleesi) que se torna uma personagem importante para a história, inclusive, o que acontece com ela no final da primeira temporada te faz correr para começar assistir a segunda. 

Os episódios são repletos de intrigas, traição, romances e, é claro, lutas e guerras com muito sangue. Os acontecimentos são muito bem desenvolvidos e a qualidade da série é grande, cada episódio tem cerca de 55 minutos. 

A série tem uma pegada bem épica e é muito diferente de tudo que já foi feito. Uma trama que se desenrola muito bem e cria expectativas e surpresas nos telespectadores. A cada episódio vamos ficando mais acostumados com a série e desejando os próximos episódios. O final da temporada é claro, sempre tem aquele suspense que nos deixa ansiosos pela próxima e espero logo assistir a continuação. 

Game of Thrones é com certeza tudo aquilo que se ouve dizer, uma série bem desenvolvida com personagens de características marcantes. Após acompanhar os episódios o que mais sentimos é uma necessidade gigante de ler aos livros e descobrir muito mais sobre esse universo incrível que George R.R. Martin (autor dos livros) criou. Série recomendada! E uma dica: se for assistir, não se apegue a ninguém, pois você poderá se surpreender.

24/07/2012

Série #8 - The Walking Dead


Obs: Não há nenhuma foto de zumbis neste post, podem ler sem medo algum.

The Walking Dead conta a história da consequência de um apocalipse zumbi; segue um pequeno grupo de sobreviventes, viajando por uma desolado Estados Unidos à procura de uma nova casa longe das hordas de mortos vivos. O grupo é liderado por Rick Grimes, que era o xerife de polícia de uma pequena cidade da Geórgia, antes do surto de zumbis. Enquanto sua situação fica mais perigosa, o desespero do grupo para sobreviver leva-os a beira da insanidade.

Há muito tempo eu queria assistir esta série, eu gostaria de ter acompanhado sua estréia nas noites de terça na FOX, porém eu estava estudando. A oportunidade veio quando nas férias o canal começou a reprisar a primeira temporada e como já estava interessado começei a assistir. 

A série me ganhou com seu primeiro episódio e a estrutura e história eram tão boas que não aguentei e tive que assistir os episódios antes mesmo de passar no canal. Pronto: Estou viciado em The Walking Dead.

Recomendo muito a série, pois é mais do que um terror, é um mistério, uma aventura, uma fuga de tirar o fôlego, é tudo tão bem encaixado e tem um ritmo tão incrível que é impossível parar de assistir. E para aqueles que têm medo de zumbis, não se preocupem, eles aparecem em poucas partes (pelo menos na primeira temporada), não é nada nojento e a caracterização não é lá de tirar o sono e causar pesadelos.

A série é capaz de mexer com os telespectadores, existem situações que parecem não ter saída e ficamos desesperados querendo gritar: "Corram!" ou "Saiam logo daí!", dá um grande desespero, pois o perigo chega muito perto dos protagonistas. Outro sentimento que temos ao assistir The Walking Dead é que isso realmente está acontecendo, como se abrissemos nossas portas e nos depararmos com nossa cidade deserta e repleta de zumbis. Isso é graças aos cenários e a incrível capacidade dos produtores de fazerem a série mais real o possível. 

Assisti apenas a primeira temporada e logo assistirei a segunda. E lembrando que a terceira temporada sairá ainda este ano (ansiosos?). E uma curiosidade: a série é baseada em HQ's, ou seja, vocês podem ter mais uma fonte de diversão com zumbis.

Fãs de zumbis ou não, é interessante assistir The Walking Dead. É uma daquelas séries que nos prende e nos faz ficar ansiosos pelos próximos episódios. Repleto de ação, intrigas, mistério, terror e tensão. Recomendo a todos assistir, afinal, poderemos aprender algumas técnicas de como se livrar de zumbis, caso algum dia tenhamos que lidar com isto. 

19/07/2012

Você é um(a) Bookaholic?


Você já parou para pensar no quanto você gosta de livros e esse universo literário? Se sim, você com certeza deve se considerar um bookaholic, mas se você não conhece o termo ou não sabe se você é um(a) de verdade, este post vai ajudá-lo(a).

Bookaholic (book = livro / aholic = vício) é um termo que denomina as pessoas que são fanáticas por livros, viciadas mesmos. Como, por exemplo, os workaholic (loucos por trabalho), shopaholic (loucos por compra), etc. Estas pessoas não apenas gostam de livros e lêem para passar o tempo, existe mais do que isso, algo que só os "bookaholics" entendem.

Eles (somos, porque eu também me incluo nesse grupo) são chamados assim não por acaso, existem alguns costumes e características que fazem de uma pessoa um(a) bookaholic, veja a seguir e descubra se você também é um(a):

Você é um(a) bookaholic se você:

- compra livros mesmo tendo uma pilha enorme de livros ainda para ler;
- descobre que ADORA o cheiro de livro novos;
- não consegue parar de buscar informações e de obter sempre livros novos, 
- só vai dormir ao chegar no fim do livro; 
- quer ler todos os livros do mundo de uma vez só; 
- não quer emprestar nenhum de seus livros, por medo de estragarem ou por simplesmente ter ciúmes;
- sofre quando vê alguém maltratando um livro (sendo ele seu ou não);
- tem e-books em todas os seus aparelhos: pc, notebook, celular, mp4, etc; 
- lê mais livros do que o seu dinheiro consegue comprar e/ou o limite do seu cartão de crédito foi totalmente utilizado para comprar livros;
- lê dentro do onibus, mesmo sabendo que pode causar deslocamento de retina; 
- fica sem saber como vai incluir no orçamento o presente de aniversário de alguém e ainda aqueles livrinhos que você queria comprar;
- lê durante as aulas na maior cara de pau (escondendo o livro com o caderno ou o livro da escola); 
- relê o mesmo livro mil vezes e a cada relida percebe um detalhe que passou despercebido, ou que você já tinha esquecido;
- vê um amigo lendo um livro que você já leu e fica horas falando sobre o livro com ele;
- se pergunta se existe um Leitores Compulsivos Anônimos;
- só fala de livros com os amigos e familiares, mesmo eles não gostando;
- analisa muito bem uma adaptação cinematográfica de uma obra e sempre comenta as semelhanças e diferenças com o livro;
- faz a mala pra viajar e leva vários livros.

Se você se identificou com a maioria dos itens abaixo, você com certeza é um(a) bookaholic. Compartilhe nos comentários suas experiências e as maiores loucuras de amor por aquilo que tanto amamos: LIVROS!

16/07/2012

Percy Jackson e os Olimpianos - O Mar de Monstros - Rick Riordan

Percy Jackson e os Olimpianos - O Mar de Monstros
Rick Riordan
Editora Intrínseca
304 páginas

O Mar de Monstros narra as novas aventuras de Percy e seus amigos na busca do Velocino de ouro, o único artefato mágico capaz de proteger o Acampamento Meio-Sangue da destruição.

É com essa missão que ele e outros campistas partem para uma eletrizante viagem pelo Mar de Monstros, onde deparam com seres fantásticos, perigos e situações inusitadas, que põem à prova seu heroísmo e sua herança. Está em jogo a existência de seu refúgio predileto e, até então, o lugar mais seguro do mundo para eles.

Antes de tudo, porém, nosso herói precisará confrontar um mistério atordoante sobre sua família - algo que o fará questionar se ser filho de Poseidon é uma honra ou uma terrível maldição.

Antes que todos digam: "Oh meu Deus, ele está lendo esse livro só agora?" vou dizendo que esse livro foi uma releitura. Como todos devem saber eu li a série completa alguns anos atrás, mas foi pegando emprestado. Agora que Rick Riordan provou ser meu autor favorito, eu estou tentando comprar todos os seus livros e isso inclui a série Percy Jackson e os Olimpianos.

Mais uma vez Riordan inicia seu livro a todo vapor com acontecimentos de tirar o fôlego, salpicando com mistérios que no decorrer da narrativa são desvendados. Ele ainda volta a apresentar velhos personagens e novos que terão um grande impacto na história.

A sequência de O Ladrão de Raios segue o mesmo modelo: Algum problema na escola de Percy, ida ao Acampamento Meio-Sangue, algum problema no mundo dos olimpianos, saída para uma missão, problemas, mistérios e um resultado. 

Nesse livro, Clarisse tem uma maior aparição e um papel, digamos importante. Ela está um pouco mudada, sinto que ela tem um coração bom, mas não tem coragem de demonstrar isto. O interesse de Percy em Annabeth parece ter aumentado. E temos a aparição de Tyson, um ciclope bem engraçado que é irmão de Percy. 

Esta continuação prova que a série ainda está no começo e muita coisa ainda vai acontecer. Algumas coisas nesse livro são reveladas, e acredite, são bem impactantes. Como já li todos os livros, sei que elas terão ligação com eventos futuros. E o final é simplesmente incrível. Eu fico impressionado com a inteligência do Rick e me pergunto de onde vem toda essa criatividade para fazer finais incríveis? Acho que este final foi um dos melhores que já li na vida. É claro, tem um enorme gancho para o próximo livro.

O Mar de Monstros é o menor livro da série, portanto, dá para ler bem rapidinho. Até porque, quem consegue largar um livro do Rick Riordan?

Ação, aventura, mistérios, perguntas, respostas, informações surpreendentes e um rico ensinamento sobre mitologia grega é o que se pode esperar de O Mar de Monstros, que será adaptado para o cinema com lançamento previsto para Agosto de 2013. Só nos resta esperar que este seja mais fiel que o (fracassado) primeiro. Livro incrível, que vale a pena ler. 

10/07/2012

O Filho de Netuno - Rick Riordan

O Filho de Netuno
Rick Riordan
Editora Intrínseca
432 páginas

A vida de Percy Jackson é assim mesmo: uma grande bagunça de deuses e monstros que, na maioria das vezes, acaba em problemas. Filho de Poseidon, o deus do mar, um belo dia Percy desperta sem memória e acaba em um acampamento de herois que não reconhece.

Agarrado à lembrança de uma garota, só tem uma certeza: os dias de jornadas e batalhas não terminaram. Percy e seus novos colegas semideuses vão enfrentar os misteriosos desígnios da Profecia dos Sete. Se falharem, as consequências, é claro, serão desastrosas.

Com início no "outro" acampamento meio-sangue e se estendendo para além das terras dos deuses, esta sequência da série Os herois do Olimpo apresenta novos semideuses e criaturas incríveis, além de trazer de volta alguns monstros bastante conhecidos. 

Em mais um livro, Rick Riordan prova que sabe como fazer uma grande aventura. Além dos momentos incríveis de batalha e lutas, ele prova também que é inteligente, fazendo coisas que têm ligações uma com as outras, coisas que só uma mente brilhante pode criar.

A nova série do autor é continuação da famosa: "Percy Jackson e os Olimpianos", e além de trazer os personagens antigos, ele apresenta novos. Tudo reunido á um grande propósito: todos fazem parte da profecia dos sete. 

Diferente da primeira série, em Os Heróis do Olimpo a história é narrada em 3ª pessoa  e dividida entre 3 personagens: Percy, Hazel e Frank. Percy todos nós já conhecemos, mas talvez por ele ter crescido e ter vivido novas experiências, no começo ele possa parecer estranho, coisa que com o tempo muda. Frank é engraçado e atrapalhado, assim como Leo? e Hazel tem um passado sombrio, assim como Piper? Sim, parece ter uma ligação entre os personagens do primeiro livro, mas isto não estraga a personalidade de cada um.

Os personagens estão mais maduros, seja os velhos ou os novos. Agora todos têm uma faixa de 16 anos, o que deixa o livro um pouco mais adulto perdendo aquele lado infantil que havia em O Ladrão de Raios, mas ainda é apropriado para crianças e jovens. É possível ver esse amadurecimento não só nos personagens, mas também no enredo e na escrita. As situações ficaram mais difíceis, mais perigosas e mais complexas.

Quem já conhece a escrita do autor sabe que os livros são empolgantes, repletos de situações que deixam o leitor preocupado e louco para descobrir o que acontecerá. A leitura flui rapidamente, e é impossível de largar o livro antes do final.

Neste segundo livro, as peças do quebra-cabeça vão se juntando e algumas respostas para perguntas antigas vão sendo respondidas. Mas com maestria, o grande tio Rick apresenta novas perguntas e deixa muito mistério no ar.

Algumas partes do livro e principalmente o final, tem uma ponte incrível para a continuação A Marca de Atena, deixando os fãs e os leitores eufóricos para o que acontecerá no próximo capítulo. Lembrando que A Marca de Atena é o terceiro livro de uma série com cinco, ou seja, ainda teremos muita coisa acontecendo.

Fãs ou não, o leitor vai mais uma vez se aventurar com os semideuses em uma jornada incrível do início ao fim. Com uma leitura tão prazerosa que a vontade que temos é ler logo a continuação. Risadas e muitos momentos tensos estão garantidos. Prepare-se para ficar rodeado de perguntas e mistérios e pensar a cada segundo como tudo irá se resolver. Riordan é um autor excepcional e seus livros não ficam atrás. O Filho de Netuno está mais que recomendado.

Quem já leu o livro e não aguenta mais pela continuação, pode ler o primeiro capítulo traduzido pelo Percy Jackson Br: clique aqui.

08/07/2012

1 ano de Riot!


Dá para acreditar que já faz 1 ano que o blog Riot está no ar? Sim, no dia 8 de Julho de 2011 o blog foi criado, com um grande incentivo e ajuda do Lucas do Blog Rabiscando, e é hoje 8 de Julho de 2012 que ele completa um ano (ah vá). 

Não há como expressar o quanto é animador e gratificante ver que um ano se passou e o blog apenas cresceu. Foi difícil, é claro, com muita divulgação, muito suor e muita luta, mas sabe? vale a pena! Não há nada melhor do que ver seu trabalho rendendo frutos. 

Foi com o Riot que eu conheci pessoas maravilhosas que têm as mesmas ideias e pensamentos que eu e sempre me apoiaram tanto, lendo as resenhas e comentando. Vocês tem um lugar especial no meu coração. Um blog literário abre muitas portas em sua vida, e uma delas é se infiltrar nesse universo da blogosfera literária que te apresenta e ensina coisas tão valiosas. 

Obrigado a todos que acompanharam o blog, seja desde o começo ou a pouco tempo. Obrigado por seguirem, comentarem ou até mesmo visitarem. Vocês fizeram parte da história deste blog e vocês merecem participarem também desta comemoração, até porque, o que seria de um blog sem seus leitores?

Obrigado a primeira editora que acreditou no Riot, a qual eu tenho um prazer de resenhar os livros maravilhosos: Arqueiro/Sextante. E a todos os blogs parceiros, que são mais que parceiros de blog, mas também amigos.

Uma coisa eu digo: Se você tem um blog, seja de qualquer tema, acredite e lute, pode demorar um pouco, mas seus objetivos serão alcançados e o resultado pode ser maior do que você esperava.

Entre tantos agradecimentos eu não posso deixar de comentar as novidades que surgirão neste dia, não é mesmo? Bom, me desculpem, mas não há nada tão estrondoso, só adiantando que em breve teremos a nossa primeira promoção, então fiquem ligados. Também teremos o lançamento de 2 páginas. Uma página chamada "Sobre" onde haverá descrição do blog e do autor e uma página sobre livros lidos em 2012. Espero programar mais novidades para o blog.

Este é apenas o primeiro ano do blog, e espero que venham muitos. O blog ainda tem muito que crescer e melhorar, tudo visando o melhor para você leitor. 

Continuem com o Riot nesta caminhada.

Rieri Frugieri
blog Riot

07/07/2012

Adivinha quem chegou? #10


 


Livros comprados:

- O Filho de Netuno
- O Mar de Monstros

Livros recebidos:

- O Nome do Vento

Novidades:


Status de Leitura:

Li: O Espião
Lendo: O Filho de Netuno
Vou ler: O Mar de Monstros

06/07/2012

O Espião - Clive Cussler e Justin Scott

O Espião
Clive Cussler e Justin Scott
Editora Novo Conceito
416 páginas

É 1908 e acumulam-se tensões internacionais enquanto o mundo caminho inexoravelmente para a guerra. Após um talentoso projetista de canhões de couraçados morrer em um aparente suicídio, sua filha, angustiada, recorre à lendário Agência de Detetives Van Dorn para limpar o nome do pai. Van Dorn põe seu principal investigador no caso, Isaac Bell, que logo percebe que as pistas apontam não para um suicídio, mas para um assassinato. E quando se seguem outras mortes mais suspeitas, fica evidente que alguém - um ardiloso espião - que está orquestrando a eliminação das mentes tecnológicas mais brilhantes... Mas isso é apenas o começo.

Ao analisar esta capa e esta sinopse a impressão que temos é que O Espião será um livro repleto de assassinatos, fugas e um detetive com uma mente brilhante tanto como Sherlock Holmes, mas logo nos decepcionamos. A sinopse pode dizer algumas coisas da história e nos animar, mas a escrita do autor e o decorrer dos acontecimentos nos decepcionam.

O que era para ser uma história bem intrigante sobre espionagem, mistérios e assassinatos, não acabou muito bem assim. O autor utiliza uma linguagem muito técnica e complicada para tratar de assuntos como governo, guerras, marinha e coisas que podem deixar o leitor bem confuso se não tiver um conhecimento profundo nestes assuntos. Clive Cussler e Justin Scott não criaram uma trama onde o assassinato e o suspense pudessem deixar o leitor louco para respostas e seu personagem Isaac Bell, é um grande detetive, mas não agrada aqueles que esperavam que no final haveria uma grande explicação para tudo.

O livro é como uma montanha russa. Repleto de altos e baixos. No começo, com o assassinato do projetista de canhões e a busca de sua filha por ajuda, podemos pensar que a história girará em torno disto, mas com os acontecimentos que se seguem, a história fica muito embaralhada e vão aparecendo personagens que nos perguntamos: "De onde ele saiu e qual sua importância para o desenvolver desta trama?". O que pode deixar a leitura bem cansativa e estressante.

Se você espera que O Espião será um livro ao estilo Sherlock Holmes e que ficará preso a leitura, não pense mais isto. Os autores se perderam na escrita e fizeram uma grande bagunça no contexto, deixando os amantes do estilo espionagem e policial decepcionados. É claro, não tem como negar que algumas partes são boas e bem feitas, mas não se pode dizer do livro todo.  Repleto de altos e baixos e uma leitura bem cansativa, não posso dizer que amei totalmente a leitura, prefiro meus livros do Sherlock Holmes.

03/07/2012

Divulgada capa do novo livro de J.K.Rowling

  J.K.Rowling, autora da conhecida série Harry Potter anunciou que lançaria um livro diferente dos que já havia lançado. Este seria um livro para adultos e recebera o título de "The Casual Vacancy". Agora, a editora Little, Brown apresentou a capa do livro. Confiram abaixo: 

O que acharam? A capa da versão brasileira deverá ser diferente.

Delírio - Lauren Oliver

Delírio
Lauren Oliver
Editora Intrínseca
342 páginas

Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. 

Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. 

Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?.

Delírio é o primeiro livro da trilogia "Delírio" da autora Lauren Oliver, a mesma que escreveu Antes que eu vá, publicado aqui no Brasil também pela editora Intrínseca. 

Desde o anúncio deste lançamento aqui no Brasil, vários que já sabiam da existência dessa trilogia se monstraram eufóricos, outros, apenas viam como um outro livro que talvez não fosse tão bom assim. Afinal, a impressão que temos ao ler a sinopse e analisar a capa é que teremos páginas e páginas de romance, sofrimento e drama. Se engana quem pensa assim, o livro é realmente uma distopia e o ponto principal é a opressão do governo e o autoritárismo, apesar de não ser apresentado nem um presidente "snow", vemos a pressão do governo através dos guardas e ordens explicitadas.

Lena é uma personagem forte, bem diferente do que eu esperava. Ela está apaixonada, mas isso não à deixa irritante, ela se mostra mais determinada a combater as ordens as quais ela recebeu e tenta provar para todos que a doença, é na verdade uma mentira - todos viveram uma mentira. Hana é outra personagem agradável, ela é engraçada e determinada, não acata as ordens e desde o começo já achava que tudo que ouvira e vivia era uma mentira. Alex é misterioso e muito intrigante, é difícil de entender, não sabemos quando ele está feliz ou triste, suas expressões não são tão bem explicitadas durante a leitura. Mas não deixa de ser um personagem importante e legal na história.

O livro é bastante interessante e diferente, dentre todas as distopias que estão surgindo, Delírio apresenta um tema diferente: a proibição do amor. Imaginem viver em uma sociedade desta? Mas dentre tudo, não há como passar despercebido a semelhança do livro com Feios e Destino. Digamos que a autora fez uma junção interessante entre os dois.

Para quem não conhecia a escrita da autora, esta é uma ótima oportunidade de conhecer. Oliver faz com que cada capítulo deixe o leitor eufórico para continuar, este é aquele tipo de livro onde cada final de capítulo te dá um soco no estômago e te faz ficar boquiaberto. O final  principalmente...bom...vocês não imaginam o quanto eu fiquei sem reação, a única coisa que eu desejava era começar Pandêmonio naquele exato momento, mas infelizmente ainda não foi lançado no Brasil.

Tanto Lauren Oliver quanto Delírio se tornaram minha paixão, quero ler mais livros desta autora que me conquistou tanto e espero ansioso pela continuação Pandemônio e posteriormente o último livro intitulado Requiem. Para quem amou Jogos Vorazes, o livro de Lauren tem uma pegada viciante, impossível de largar até a última página, causando várias sensações aos leitores, desde tensão à alívio. Simplesmente maravilhoso e eu não sei exatamente como dizer para vocês o quanto o livro é bom, a única coisa que posso dizer é: Leiam!

02/07/2012

Filme #13 - Branca de Neve e o Caçador

Branca de Neve é uma incrivelmente bela jovem com cabelos escuros, peles claras, e lábios avermelhados. A beleza é o seu maior problema, pois quando ela vira a mais linda de todas, ela se transforma em uma ameaça para sua Madrasta, Ravenna.
Branca de Neve ama o Príncipe Charmant, um garoto de sua mesma idade que foi separado dela quando adolescente. Ela é forçada a viver sob duras  regras impostas por Ravenna e sua vida vira de cabeça para baixo quando Ravenna descobre que Branca de Neve está prestes a se tornar a mais bela de todas. 

Ao descobrir os temíveis planos de Ravenna, Branca de Neve foge do castelo e quando a terrível rainha descobrie isto manda Eric matá-la. Eric é um caçador que está desolado pela morte de sua esposa, Sara.
Mas quando Eric descobre os verdadeiros planos de Ravenna, ele se juntará a bela Branca de Neve em sua jornada, onde encontrarão anões e até mesmo o princípe que a tanto ela não via. Juntos, eles tentarão libertar o reino das mãos de Ravenna, dispostos a encontrar paz e vingança, em uma guerra maior do que eles imaginaram. 

Em uma tentativa dos estúdios de transformarem contos infantis em filmes épicos, repletos de ação e cenas sombrias Branca de Neve e o Caçador não poderia ser diferente. 

Com certeza o filme é prova de sucesso, conseguiu quebrar toda e qualquer barreira de preconceitos contra a atriz principal e fez críticos se espantarem com a beleza de tudo. É claro, tudo isso é devido a competência dos atores e da grande produção envolvida. 

Kristen Stewart teve uma atuação impecável, demonstrando força e atitude no papel de uma Branca de Neve guerreira e deixou de lado por 127 minutos a dramática Bella que assola sua carreira. Chris Hensworth fez exatamente o que seu papel exigia: foi um forte e guerreiro caçador. Mas  o destaque vai mesmo para Charlize Teron que roubou a cena com suas expressões, atuação e, é claro, beleza. Ela é responsável por ótimas cenas apresentadas durante o filme.

Não diferente desta vez, prestei bastante atenção na trilha-sonora, e mais uma vez, um filme me agrada com seus instrumentais. Desde a cenas tristes a cenas de ação, o score foi bem feito e impressionante. Destaque para a mistura da bela voz de Florence e os instrumentais para a música tema do filme - Breath of Life. 

O que não dá para deixar de notar é que o filme agrada todos os que são apaixonador por ação e fantasia. Há muitas cenas de luta, guerra, fugas e mortes, mas também há criaturas estranhas, monstros e um "bosque encantado", o que deixa o filme com um toque "mágico". Tudo projetado por efeitos especiais incríveis que são um colírio para os olhos. Exatamente aquilo que me agrada.

A mistura de elementos que deixam um filme perfeito e a utilização de um conto que encanta gerações, fizeram de Branca de Neve e o Caçador um filme indispensável para se assistir para quem gostou de Alice no País das Maravilhas (versão Tim Burton) e A Garota da Capa Vermelha. Não tem como dizer o quanto o filme é agradável e maravilhoso. Mais uma vez foi provado que as "novas versões" de contos infantis dão certo, e que venham mais!

Confiram o videoclipe da música "Breath of Life". 
Música e trailer se misturam e mostram a potência do filme:

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team