25/02/2012

O Discurso do Rei - Mark Logue e Peter Conradi


O Discurso do Rei
Mark Logue e Peter Conradi
Editora José Olympo
280 páginas

     O discurso do rei: como um homem salvou a monarquia britância é uma visão do mundo privado da realeza. Os diários de Lionel Logue revelam as dificuldades enfrentadas pelo Rei George VI por causa de seus problemas de fala. 
      É um retrato da monarquia britânica - por ocasião de sua maior crise - visto pelo olhar de um plebeu australiano que se orgulhava de servir, e salvar, seu rei.

     Esse livro estava na minha lista de compras desde o final de 2011. E na verdade, não sei explicar o porquê de eu querê-lo, mas fui comprando outros e acabei abandonando-o. A oportunidade que tive de tê-lo foi quando ganhei o mesmo de aniversário e me vi ansioso para começar a ler.

     Eu esperava um livro parecido com o filme. Eu sabia que não seria uma ficção e sim uma história real, mas mesmo assim eu esperava um livro que me lembrasse a história do filme. Mas na verdade eu me surpreendi. Mesmo tendo uma narrativa bem parecida com uma biografia, isso não torna a história chata ou muito formal. Qualquer um pode gostar do que ali é descrito.

     O livro tem muitas passagens da vida de Lionel e de George VI, ás vezes, essas partes são tão interessantes e divertidas que você se pega virando as páginas rapidamente. A história de vida de Lionel, a dificuldade do rei em falar em público, e principalmente a amizade entre os dois, são pontos que te prendem no livro e não o fazem largar até o final.

     As vezes você até esquece que está lendo um livro que poderia ser para uma prova escolar. Pois, de fato os autores conseguem fazer uma narrativa para todas as idades, de modo que, até os mais novos podem se deliciar com a leitura e apreciar a história, aprendendo a cada página sobre a monarquia britância, os costumes e a segunda guerra mundial.

     A parte que gostaria de destacar foi a tensão que o rei sofreu por conta da guerra. De fato, o livro é um olhar profundo sobre a vida do rei e de seu amigo e ajudande Lionel.

    É difícil falar sobre um livro que se gosta tanto, e por isso, esse é muito bem recomendado. Não fique com medo de lê-lo achando que encontrará uma biografia/narrativa chata e muito formal. É um livro interessante, ótimo para aprender enquanto se diverte em suas páginas e, acima de tudo, emocionante. O Discurso do Rei me fez abrir os olhos para coisas que antes não me pareciam importantes ou interessantes, me ajudou a conhecer muito mais do que é ser rei.

3 comentários:

Thiago Felício disse...

Já assisti ao filme, mas não sei o grau de fidelidade da adaptação para com a obra original. Porém, com esta resenha deu pra perceber que o filme preserva muitos detalhes do livro.
Pretendo lê-lo.
A sua resenha ficou muito boa.
Foi direta, sincera e empolgante.

Abraço

papos literários

http://paposliterarios.blogspot.com/

Lucas Carvalho disse...

Eu já vi ao filme, e não me agradou muito, se bem que sua sinopse da a entender que o livro é muito bom. Adoro esses tipos de livros que nos mostram uma realidade, de modo que a narrativa não fica muito chata, ainda mais de um tema histórico. Quem sabe esse vai pra minha listinha? kkkk.

RIOT disse...

Obrigado Thiago. Eu não me lembro muito bem do filme, mas acho que é diferente do livro, até porque o livro é mais uma biografia e o filme parece mais uma história como de um livro. Porém ambos são interessantes.

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team