31/12/2011

Adivinha quem chegou? #4

   Esse "Adivinha quem chegou" é atrasado. Era para eu ter postado no dia 25, mas a preguiça me impediu. Mas vamos lá... 

   Todo ano, na época do natal, minha família realiza um amigo secreto. Na hora de retirar os papéizinhos, eu sai com meu pai e ele comigo (olha que sorte!). Como ele havia saído comigo, eu aproveitei para pedir que ele me desse algum livro. Houve um pouco de relutância, mas quando eu mostrei aquela promoção que estava nas Americanas, o livro "As Crônicas de Nárnia - Volume Único" 18.90 + 2,20 de frete... Não teve como recusar e logo eu comprei. O livro chegou e foi embalado para presente e só pude abrir quando recebi do meu pai.

    Acho que todos vocês conhecem a sinopse, mas pra quem não sabe ai vai:

    "Viagens ao fim do mundo, criaturas fantásticas e batalhas épicas entre o bem e o mal - o que mais um leitor poderia querer de um livro? O livro que tem tudo isso é O leão, a feiticeira e o guarda-roupa, escrito em 1949 por Clive Staples Lewis. Mas Lewis não parou por aí, Seis outros livros vieram depois e, juntos, ficaram conhecidos como As crônicas de Nárnia.

    Nos últimos cinqüenta anos, As crônicas de Nárnia transcenderam o gênero da fantasia ´para se tornar parte do cânone da literatura clássica. Cada um dos sete livros é uma obra-prima, atraindo o leitor para um mundo em que a magia encontra a realidade, e o resultado é um mundo ficcional que tem fascinado gerações. Esta edição apresenta todas as sete crônicas integralmente, num único volume magnífico. Os livros são apresentados de acordo com a ordem de preferência de Lewis, cada capítulo com uma ilustração do artista original, Pauline Baynes. Enganosamente simples e direta, As crônicas de Nárnia continuam cativando os leitores com aventuras, personagens e fatos que falam a pessoas de todas as idades, mesmo cinqüenta anos após terem sido publicadas pela primeira vez."

   Eu amo as crônicas de Nárnia e essas histórias fizeram parte da minha vida. Por mais que eu já tenha lido os 7 livros, o volume único é tão lindo que não tem como deixar de ler novamente.
   Abaixo você confere as fotos: 

Capa

Contra capa

Capa do 5° livro da série

Mapa

Indíce, que não sei porque acho lindo.

Inicio de um capítulo

   Mais um livro para 2012. 

30/12/2011

Riot... 2011/2012

   Foi em Julho de 2011 que o Riot foi criado. O blog que tinha intuíto de trazer opiniões e resenhas sobre livros era ainda pequeno, um começo. Eu sinceramente pensava no Riot como algo pequeno, algo meu, eu não iria divulgá-lo. Mas eu sabia que o Riot tinha sim um potencial e apartir disso decidi divulgá-lo. Sei que muitas pessoas que eu mandei o link, nem ao menos leram um post, mas o que vale é o esforço.
   Mas eu vi o Riot crescer, vi ele conseguir seguidores e parceiros e hoje graças a vocês, o Riot não é mais uma brincadeira, mas é algo sério, algo como eu sempre quis que fosse. 
   2011 está se findando e nesse novo ano que se inicia espero que o Riot continue crescendo e que novas portas possam se abrir. Eu estarei aqui fazendo o possível para torná-lo real. 
   Obrigado mesmo, a todos os seguidores e aos parceiros, vocês são pessoas incríveis.
   O Riot deseja um feliz ano novo para vocês e que 2012 seja um ano incrível para todos os blogueiros.

   Rieri Frugieri
@rierioliveira
Criador do blog "RIOT"

Os 10 Melhores Livros de 2011

   Com certeza foram mais do que 10 livros que me marcaram esse ano, mas vou apenas selecionar 10 livros que eu recomendo e muito. Espero que tenham a oportunidade de ler esses livros que para mim, são os favoritos. 

1. Ponto de Impacto 




Fui relutante em ler esse livro, mas quando acabei lendo descobri que ele é um livro incrível (cogitado para ler em 2012 novamente). Garantia de muita aventura, suspense e mistérios.





           2. A Menina que Não Sabia Ler

É sempre assim, o Lucas do blog Rabisco fala que quer comprar um livro e eu digo: "Ah, não parece tão legal, não faça isso", ele compra e eu acabo lendo e se torna um dos melhores livros que já havia lido. Não foi diferente com "A menina que não sabia ler". Um livro que li em 2 livros e não conseguia largar, impossível dizer o quanto essa história é incrível. Vale muito a pena ler (Cogitado para ler em 2012 novamente)




 3. Eu Sou o Número Quatro




Um livro que eu me interessei bastante na sinopse e quando estava na promoção corri para comprar. Depois de ler, me tornei um grande fã da série. Simplesmente incrível a aventura que é narrada nessa história. (O Poder dos Seis, sequencia do primeiro livro, também entra como uma das melhores sequencias que li esse ano).




 4. A Pirâmide Vermelha


Viciado na série Percy Jackson e os Olimpianos do grande autor Rick Riordan, quando fiquei sabendo desse lançamento de uma nova série dele, não deixei de correr para adquirir. Esse livro é mais um incrível do tio Riordan, que escreve tão bem quanto em Percy Jackson, mas agora com uma história diferente. Também já me tornei fã dessa série e já li o seu segundo livro.






5. O Herói Perdido

  
Mais um livro do Rick Riordan em um mesmo ano é pra me deixar feliz mesmo hein?! O Herói Perdido é como uma "segunda temporada" de Percy Jackson, agora com novos personagens. Então se você quiser ler esse livro eu aconselho a ler a série Percy Jackson e os Olimpianos primeiro. O livro é simplesmente incrível e sem dúvida nenhuma tem tudo pra ser mais uma série magnífica do Tio Riordan.




6. Os 13 Porquês


Eu não conhecia esse livro até ficar sabendo que Selena Gomez faria o filme, ai os fãs clubes começaram a falar tanto desse livro que me deu vontade de ler. Por sorte do destino quando voltei das férias, lá estava, como nova aquisição da biblioteca esse livro. Corri e peguei. É um livro lindo e emocionante. Me marcou bastante, por isso eu recomendo. (Ps: depois que peguei esse livro, a bibliotecária disse que várias pessoas quiseram ler. Olha que responsabilidade! ) 



7. O Hobbit


 Mais um livro que eu aproveitei para pegar na biblioteca da escola (que por falta de bibliotecária ficou fechado durante o resto do ano). Eu já assisti e amo os filmes de O Senhor dos Anéis, e o meu sonho é ler o livro. Pra matar a vontade li O Hobbit. Quando o peguei, imaginei ser um livro chato, mas me surpreendeu muito por ser ótimo e impossível de largar. Ainda bem que li e estou preparado para o filme.



8. Jogos Vorazes e suas sequências


Tava demorando né? Acho que não é dúvida pra ninguém que eu sou um fã (loucamente apaixonado) de Jogos Vorazes. Foi um daqueles livros que você lê a sinopse e não fica quieto enquanto não compra. Depois de lê-lo, me vi sendo fã e li logo suas sequencias. Hoje, já li todos os livros e espero ansiosamente para o lançamento do filme que promete ser a nova moda. Não espere mais para ler esse livro que eu recomendo não só porque sou fã, mas porque é incrível. 



9. Blecaute 

  

Sim, é um livro brasileiro. E por mais que eu não goste de livros brasileiros, essa sinopse me chamou atenção e quando começei a ler vi que o livro é ótimo. Ele realmente me fez pensar em muitas coisas dessa vida. Pode parecer que não, mas ele me marcou e por isso está nessa lista dos 10 melhores livros de 2011. Recomendo.



10. A Invenção de Hugo Cabret

E pra fechar com chave de ouro, um dos últimos livros que li esse ano e que achei que não seria tão bom, mas me fez escolher ele como um dos 10 melhores livros de 2011. Uma história simplesmente magnifíca, muito mais do que eu esperava e exatamente o que eu espero de um livro. Esse é recomendadíssimo.

Livros Lidos em 2011

Mesmo com a correria da escola, 2011 foi um ano em que superei todas as minhas expectativas e li 55 livros. Sim, um total recorde comparado a 2010 que foi de apenas 19. Gostaria de compartilhar com vocês os livros que fizeram o meu ano incrível.


1. Eragon
2. Ponto de Impacto
3. Marley e Eu
4. Desventuras em Série - Mau Começo
5. A Menina que não sabia ler
6. As Crônicas de Nárnia - A Cadeira de Prata
7. Rangers: Ordem dos Arqueiros - Terra do Gelo
8. Rangers: Ordem dos Arqueiros - Folha de Carvalho
9. A Morte e Vida de Charlie St. Cloud
10. Crepúsculo
11. O Monge e o Executivo
12. Eldest
13. Wake - Despertar
14. Querido John
15. Harry Potter e a Pedra Filosofal
16. As Crônicas de Nárnia - A Última Batalha
17. Peixe Grande
18. Cinco Minutos
19. Eu Sou o Número Quatro
20. O Alienista
21. Brisingr
22. Fade - Desvanecer
23. Gone - Desaparecer
24. Pegasus e o Fogo do Olimpo
25. A Pirâmide Vermelha
26. Água para Elefantes
27. A Breve Segunda Vida de Bree Tanner
28. A Garota da Capa Vermelha
29. Lua Nova
30. O Herói Perdido
31. Sherlock Holmes - Um Estudo em Vermelho
32. Harry Potter e a Câmara Secreta
33. Os 13 Porquês
34. Sherlock Holmes - A Vampira de Sussex e Outras Aventuras
35. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
36. O Hobbit
37. Rangers: Ordem dos Arqueiros - Feiticeiro do Norte
38. Sherlock Holmes - O Signo dos Quatro
39. Todo Filho Precisa de Uma Mãe que Ora
40. As Crônicas de Spiderwick - O Guia de Campo
41. As Crônicas de Spiderwick - A Pedra da Visão
42. As Crônicas de Spiderwick - O Segredo de Lucinda
43. As Crônicas de Spiderwick - A Árvore de Ferro
44. Jogos Vorazes
45. Em Chamas
46. O Trono de Fogo
47. O Cortiço
48. Círculo Secreto - A Iniciação
49. Eclipse
50. Blecaute
51. A Invenção de Hugo Cabret
52. Bela Maldade
53. A Esperança
54. O Poder dos Seis
55. Percy Jackson e os Olimpianos - O Ladrão de Raios

 Ufa, quantos livros. E que venha 2012 com muitas novidades e muitas histórias.

Expectativas Literárias 2012


   O "Expectativas Literárias 2012" criado pelo blog Natpuga está rodando por vários blogs ai. É bem interessante e consiste em fazer um planejamento das leituras de 2012. É claro que o Riot também vai participar dessa ideia. Veja a seguir esse planejamento:

Meta de Leitura: 60 livros (superar meu recorde de 2011)
Primeiro do ano: Cowboys & Aliens
Gênero que vou ler mais: Fantasia, Aventura, Mistério, Suspense
Gênero que vou ler menos: Drama
Lançamento internacional mais aguardado: The Mark of Athena
Lançamento Nacional mais aguardado: O filho de Netuno, Herança
Lançamento de livro brasileiro mais aguardado: Nenhum
Continuação de saga mais aguardada: Segundo livro da série "Círculo Secreto", Terceiro livro de As Crônicas dos Kane, Segundo livro de Os Heróis do Olimpo, Terceiro livro de Os Legados de Lorien.
Final de saga mais aguardado: Por enquanto, as sagas que eu estou lendo não tem um final para esse ano e muitas que eu estava lendo já acabaram.
Próximas compras: As duas comprar que estou mais adiando, mas em 2012 elas saem: A Fera e O Jovem Sherlock Holmes - Nuvem da Morte

   São alguns livros que estou interessado em ler. Vale lembrar que como 2012 é um ano muito corrido para mim talvez não consiga ler os 60 livros, mas farei o possível para ler muito, afinal, para mim, livros são minha vida. 

Percy Jackson e os Olimpianos - O Ladrão de Raios - Rick Riordan

Percy Jackson e os Olimpianos - O Ladrão de Raios
Rick Riordan
Editora: Intrínseca
400 páginas

"No primeiro livro da série "Percy Jackson e os Olimpianos" somos apresentados a Percy, um garoto de 12 anos que tem uma vida bem diferente. Ele é um semideus e por isso convive com Deuses e Monstros. Quando sua verdadeira identidade está para se manifestar ele é levado para o acampamento meio-sangue, onde faz novos amigos e alguns inimigos. Logo, Percy, recebe uma missão: Ele tem 10 dias para encontrar o raio mestre de Deus que foi roubado, e isso pode desencadear a terceria guerra mundial. Agora com a ajuda de Annabeth e Grover, Percy Jackson partirá em uma aventura repleta de perigos e mistérios e verá uma profecia se cumprir bem em frente de seus olhos."

   Eu li esse livro pela segunda vez. Eu amo a série Percy Jackson e os Olimpianos e como havia lido com livros que não eram meus decidi comprar todos os livros para completar minha coleção e também aproveitar para lê-los novamente. 

    É claro que como um fã, foi incrível "voltar" ao acampamento meio-sangue, confesso, que como li a muito tempo não me lembrava de muitos detalhes, os quais me fizeram lembrar porque eu amo esse livro e porque Rick Riordan é meu autor favorito.

   O livro tem 400 páginas, mas dá para ler bem rapidinho. A leitura simplesmente flui e é impossível largar o livro. É uma leitura muito gostosa e divertida, concerteza todos que leram o livro se apaixonaram e não deixaram de ler as suas sequencias. 

   A única coisa que me deixou triste, é que enquanto lia eu comparava com o filme e via que não tinha nada a ver. Quer dizer, na maioria das vezes as pessoas reclamam que as adaptações nunca ficam fiéis aos livros, mas o máximo que acontece é deixar de comentar ou relatar alguma coisa. O triste de Percy Jackson, é que o filme mudou toda a história, até estranhei eles não terem mudado o nome dos personagens. Muitas partes poderiam entrar para o filme e não sei porque razão elas foram cortadas. O filme poderia sim ter 2h30 e ser bem fiel ao livro. Só nos resta esperar que a sequencia, seja um pouco mais fiel. 
   Como o próprio autor diz, esse livro entra na categoria dos infantis, mas não pense encontrar um livro chatinho e sem graça. Rick Riordan simplesmente escreveu um livro para todas as idades. O mesmo é repleto de aventura, ação, mistério, tudo o que um amante por livros vai encontrar. Ele te leva a fazer perguntas, procurar respostas e é claro também ensina. O ladrão de Raios é um livro que me ajudou muito nas aulas de história quando se tratava de mitologia. Você simplesmente começa a se interessar por história e querer aprender mais.

   Garantia de risadas, sustos, surpresas, lágrimas e todas as emoções. O ladrão de raios é um livro incrível. E mesmo tendo lido o segundo livro (O Mar de Monstros) eu comprarei para minha coleção e lerei novamente para comentar aqui no blog.

    Portanto, Percy Jackson e os Olimpianos - O ladrão de raios é um livro super recomendado.

  

23/12/2011

O Poder dos Seis - Pittacus Lore

   Para os fãs dessa série, O Poder dos Seis é um livro concerteza surpreendente e emocionante. Vai deixar muitos fãs boquiabertos.

   "O planeta Lorien foi devastado pelos mogadorianos, e seus habitantes, dizimados. Exceto nove crianças e seus guardiões, que se exilaram na Terra. Eles são como os super-heróis que idolatramos nos filmes e nos quadrinhos - porém, são reais. O Número Um foi morto na Malásia.

    O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Tentaram pegar o Número Quatro, John Smith, em Ohio, e falharam. Em O Poder dos Seis, John e a Número Seis se recuperam da grande batalha contra os mogadorianos, de quem ainda fogem para salvar a própria vida. Enquanto isso, a Número Sete está escondida em um convento na Espanha, acompanhando pela Internet notícias sobre John.

    Ela se pergunta onde estão Cinco e Seis, imaginando se um deles é a garota de cabelo preto e olhos cinzentos de seus sonhos, cujos poderes vão além de tudo o que ela já imaginou, aquela que tem a força necessária para reunir os seis sobreviventes."

   Acho que li o primeiro livro (Eu sou o número quatro) na época em que o Riot ainda não existia, então não tem resenha, desculpa. 

   Bom, depois de ler o empolgante "Eu Sou o Número Quatro" eu me vi viciado na série "Os Legados de Lorien" do autor Pittacus Lorien, pseudônimo de James Frey e Jobie Hughes. Logo, quis ler o segundo livro que não havia sido lançado no Brasil ainda, porém quando o mesmo foi lançado aqui eu não demorei ao comprá-lo e lê-lo. 

   Eu estava cheio de expectativa para a continuação e é claro ,não fui decepcionado. Acho que vou colocar James Frey e Jobie Hughes na lista de autores favoritos, eles simplesmente escreveram um daqueles livros que você vai recomendar e nomear como "um dos melhores que já li". Para os fãs dessa série, os autores literalmente mandaram uma bomba de informações. Pudemos perceber que "Eu sou o número quatro" é só uma introdução e todos os acontecimentos realmente empolgantes acontecem em "O poder dos seis" já que somos apresentados a novos personagens, tais personagens que nos apegamos e alguns ficamos tristes ao ver a morte. Outros personagens são engraçados e misteriosos, temos mais lorienos aparecendo e muitas perguntas sendo respondidas.

   Conhecemos Marina, a número sete. Eu me apaguei bastante a ela e adorava quando era a vez que ela narrava. Sua vida era um pouco dificil até ela encontrar Ella, que por acaso também me encantou. Quando li sobre Ella pela primeira vez sabia que ela era uma personagem que escondia um segredo e descobrimos isso mais para o final do livro. A parte narrada por Marina é realmente repleta de mistérios e descobertas e no final, repleto de lutas, desespero, perdas e é claro, uma esperança. É ela que nos apresenta o final digno de implorarmos pelo terceiro livro.

   Mas também temos uma parte narrada por John Smith, o número quatro, que agora se vê em perigo, pois ele é o próximo a ser morto, já que tudo acorre em ordem numérica. Em sua jornada de fugitivo, ele é acompanhado por Sam, seu melhor amigo que está procurando por seu pai e descobrirá algo que fará sua busca ser mais ávida, e também é acompanhado pela número seis, que estabelece um certo romance com ele. Na narrativa de John, os fãs talvez ficarão triste com Sarah Hart e talvez seja a última vez que a vemos. É claro que nessa narrativa também temos muitas respostas para aquelas perguntas do primeiro livro e vemos muitos combates acontecendo. Quando o livro está chegando ao fim, e é uma das últimas narrativas de número quatro, teremos uma grande surpresa que dará ponte para o terceiro livro.

   Com uma história que faz você grudar no livro e não largá-lo até terminar de ler a última página e com um final de tirar o fôlego, O Poder dos Seis se torna uma sequencia incrível para os apaixonados na série Os Legados de Lorien. 

   Ansioso pela continuação que se chamará "The Rise of The Nine" (sem nome traduzido) e deve ser lançado o ano que vem, sem previsão no Brasil. 

    Livro totalmente recomendado pra quem já leu o primeiro livro e ainda mais recomendado ler o primeiro livro se você ainda não leu.

19/12/2011

A Esperança - Suzanne Collins

"Com A Esperança, Suzanne Collins consegue se tornar a escritora mais incrível do ano. Nos tirando lágrimas, sorrisos e surpresas." 

   Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução.

   A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo.

   O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra?

  Como todos vocês sabem, quem vos escreve é um fã (exagerado) de Jogos Vorazes. Desde a primeira vez que li a sinopse dos livros, comprei-os, li-os, vi o poster e o trailer do filme não pude deixar de me apaixonar por essa série. 
  Antes que eu começe a falar sobre o último livro dessa trilogia, leia aqui no blog os comentários dos dois primeiros livros: Jogos Vorazes e Em Chamas

  Eu demorei um pouco para comprar esse livro, mas foi uma grande alegria quando ele chegou aqui em casa. Eu começei a lê-lo achando um pouco estranho, afinal, essa é uma série bem complexa com vários personagens e fazia algum tempo que eu tinha lido Em Chamas, cheguei a me perguntar: Quem é esse? Mas logo esse problema foi superador pela leitura que ia fluindo. 

   O livro não é nem um pouco parado. Ele é repleto de ação, estratégias e claro: Mortes. Eu gostei do jeito que Suzanne Collins escreve. Ela fez de Jogos Vorazes uma história intensa e não romântica e cansativa. É claro que temos os amantes desafortunados, mas nada que seja muito massante.

   Conseguimos ler o livro rapidamente, porque afinal, ele tem um ritmo rápido. São 3 partes com 9 capítulos cada. E temos várias partes que não conseguimos parar de ler. Resgates, batalhas e fugas. Simplesmente de tirar o fôlego.

    O que tenho a dizer sobre o começo e até o final é isso. Um ritmo surpreendente. Mas o final é digamos surpreendente e triste. Ficamos surpresos com uma morte e com uma tomada de decisão repentina. Depois disso somos invadidos por uma tristeza e mesmo vendo o final do livro, que é bem bonito, continuamos chocados.Foram 5 minutos para cair a ficha.

    Não só eu, mas em vários lugares as pessoas disseram que o final é intenso. E realmente é. Porém depois que tudo passa, percebemos que Suzanne Collins é sim é uma escritora incrível e que com o lançamento de Jogos Vorazes nos cinemas, essa série pode se tornar algo tão grandioso quanto Harry Potter e Crepúsculo. E olha que já está chegando lá. Os 3 livros juntos se tornam algo bem intenso e poderoso. Capaz de ganhar críticas positivas e arrebatar vários fãs.

   Confesso que é meio triste saber o final da série e ver os filmes, tantas pessoas que apareceram naquela tela saberemos que em breve morrerão. Mas não deixe isso te impedir de ler esses três livros, porque são maravilhosos. Eu continuo firmemente sendo fã dessa série e apostando em sua fama. E me sinto triste porque os livros acabaram, uma pena não poder postar mais nada sobre os livros aqui. Mas feliz ao mesmo tempo de ver esse final épico.

   Surpreendente. Essa palavra descreve tudo.

13/12/2011

Bela Maldade

  "Uma história que te faz querer desvendar o final antes mesmo que ele esteja concluido"

   Um segredo devastador. Uma vida destruída. Uma nova amiga que ajuda a esquecer. E se ela não for quem aparenta?

    Após uma horrível tragédia que deixou sua família, antes perfeita, devastada, Katherine Patterson se muda para uma nova cidade e inicia uma nova vida em um tranquilo anonimato.
 
   Mas seu plano de viver solitária e discretamente se torna difícil quando ela conhece a linda e sociável Alice Parrie. Incapaz de resistir à atenção que Alice lhe dedica, Katherine fica encantada com aquele entusiasmo contagiante, e logo as duas começam uma intensa amizade.
 
   No entanto, conviver com Alice é complicado. Quando Katherine passa a conhecê-la melhor, percebe que, embora possa ser encantadora, a amiga também tem um lado sombrio. E, por vezes, cruel.

    Ao se perguntar se Alice é realmente o tipo de pessoa que deseja ter por perto, Katherine descobre mais uma coisa sobre a amiga: Alice não gosta de ser rejeitada... 

   Como todo leitor compulsivamente viciado em livros, assim que Bela Maldade foi lançado eu corri para ler sobre. Ao ler a sinopse eu tive a mais absoluta certeza que eu queria e iria amar ler esse livro. Afinal, a sinopse é bem enigmática, o que podemos esperar? Mortes, assassinatos, suspense e medo... certo? Errado! É até decepcionante imaginar que você irá encontrar uma garota psicopata que sai matando as pessoas e que você estará envolto a um ambiente totalmente tenso, quando na verdade não é nada disso. É claro que vemos uma Alice bem maldosa e psicopata, mas nada de mais. 

   Tirando essa bela maldade que é a sinopse nos encher de expectativas e não atendê-las. Não tem como negar que o livro acaba sendo maravilhoso. Além de romance e dramas familiares, temos mistério. Perguntas que são respondidas através de narrativas no passado, presente e futuro. Mistérios que se amarram no final e consegue nos deixar sem reação, impressionados como tudo era mais complexo quanto imaginávamos. 
   
   Muitos disseram que gostaram do livro, mas não foi tudo aquilo. Eu também não exagero dizendo que foi o melhor livro que li esse ano, mas realmente foi bom e concerteza é recomendado. É um tipo de livro que te deixa tenso, que te faz querer saber as verdades que são escondidas, que te faz chorar, se alegrar. É um livro real. Não tem coisa fantasiosa. Mostra como a vida pode ser, mostra que quando tudo está bem, a inveja, a impiedade, a maldade para botar isso água abaixo (literalmente). É tão bom que se torna impossível largá-lo antes da última página. 

   Esse é um dos livros que devorei em três dias. Afinal, nessas férias o que não falta é tempo. Se você ficou interessado, não deixei de ler o livro, concerteza algo de bom você terá para falar.
   

10/12/2011

A Invenção de Hugo Cabret

  Talvez um dos melhores livros que li esse ano.

  "Hugo Cabret é um menino órfão que vive escondido na central de trem de Paris dos anos 1930. esgueirando-se por passagens secretas, Hugo cuida dos gigantescos relógios do lugar: escuta seus compassos, observa os enormes ponteiros e responsabiliza-se pelo funcionamento das máquinas.

    A sobrevivência de Hugo depende do anonimato: ele tenta se manter invisível porque guarda um incrível segredo, que é posto em risco quando o severo dono da loja de brinquedos da estação e sua afilhada cruzam o caminho do garoto.

   Um desenho enigmático, um caderno valioso, uma chave roubada e um homem mecânico estão no centro desta intrincada e imprevisível história, que, narrada por texto e imagens, mistura elementos dos quadrinhos e do cinema, oferecendo uma diferente e emocionante experiência de leitura."

Fonte: Livraria Saraiva, adquira o livro: Link

   Estava olhando em algum site de filmes os próximos lançamentos, lá estava A Invenção de Hugo Cabret, eu li a sinopse, mas foi de uma forma que não me interessei. Até que o Lucas do blog Rabisco me falou sobre esse livro. Sem nenhuma vontade de lê-lo, pesquisei mais uma vez a sinopse, e novamente nenhuma vontade de ler esse livro que parecia não ter uma história cativante. Foi vendo o trailer que me arrepiou e tirou lágrimas dos olhos quando tocou Kings and Queens do 30 Seconds to Mars que eu tive uma grande vontade de ler esse livro. 

   Depois de pegar emprestado com o Sr. Dono do Blog Rabisco eu começei a ler esse livro com muita vontade. Digo que foi um dos melhores livros que li esse ano. Ele não é só um livro, ele interage com o leitor. 

  Primeiro:  É impossível deixar de comentar o quanto ele é bonito, ele tem as páginas pretas e consequentemente as bordas também, foi quase um sonho sendo realizado. 
    
   Segundo:  O livro tem 530 páginas, mas você consegue ler em 3 dias, isso porque ele é repleto de ilustrações. E não é só aquelas ilustrações bobinhas que se encontra em alguns livros infantis. São ilustrações perfeitamente milimétricas, é como ver um filme e ver as cenas rodando. Talvez se você passar as páginas correndo consiga ver um stop-motion. As melhores partes são de perseguições e de descobertas, as mesmas são narradas em desenhos e não dificulta em nada ao entendimento.

   Terceiro: Uma história divertida e emocionante. É divertido saber os acontecimentos e as aventuras na vida de Hugo Cabret, mas chega a ser triste saber do seu passado. Porém o autor nos põe pra cima, quando vemos a vida do personagem mudar dramasticamente para o melhor. Onde ele conhece bons amigos e acaba ganhando uma família. Esse livro nos inspira a nunca desistir quando se quer algo, a lutar com unhas e dentes para realizar os sonhos e nunca nos decepcionarmos com a resposta que possamos receber, pois as vezes ela não é tão boa quando a que poderá vir. 

    Esses são os três pontos importantes que você deve notar ao ler o livro. É simplesmente impossível largar o livro antes da última página, você vai sempre querer ler mais para saber as respostas dos mistérios a que somos apresentados nessa narrativa. Prepare-se para ler um livro diferente, um livro que é narrado por letras e por imagens, que juntas fazem a melhor história e experiência de leitura que você já teve. 

    Uma adaptação cinematográfica foi criada e deverá chegar aos cinemas Brasileiros em 17 de Fevereiro de 2012. É claro que eu não vejo a hora de assistir. O filme já foi lançado no exterior e procurando na web você pode encontrar algumas cenas do filme. Por exemplo, foi feito uma comparação entre ilustrações  do livro e o filme na imagem ao lado. 
    
     É possível ver que como o livro é bem detalhado nas ilustrações e com uma história de fácil entendimento, talvez não nos decepcionemos com essa adaptação. 

    Abaixo confira o poster e o trailer do filme:



                            

     
    Espero que assim como eu, vocês se apaixonem por essa história maravilhosa. O livro está recomendadíssimo.
E não percam a oportunidade de ver o filme quando este for lançado.

08/12/2011

Blecaute

   Um livro que não é só para ler, mas um livro que é para pensar, analisar, imaginar. 

    "Três jovens resolvem explorar uma caverna, depois de ficarem presos por conta de uma enchente eles finalmente saem e encontraram uma São Paulo deserta. Todos estão duros como pedras, só eles sobreviveram. Porquê? Onde estão todos? As perguntas são inúmeras e a única opção é procurar pelas respostas."

    Eu nunca me interessei por algum livro de um autor Brasileiro. É claro, eu gostei de O Guarani, O Cortiço, mas todos eu li por conta da escola e acabei me interessando. Mas quando minha amiga me mostrou esse livro e eu li a sinopse logo pedi emprestado. Quando começei a ler, eu achei ele com um ritmo muito rápido e repetitivo, mas vai se tornando melhor a cada página.

    Recomendo esse livro, porque ele não é superficial, você  não lê para passar o tempo ou para se divertir, é claro, esse livro como outros é divertido, mas ele tem algo a mais: ele mexe com você, te faz pensar. Mas também não é um de livro de auto-ajuda. É que na verdade o autor conseguiu misturar a essência humana com uma história de ficção. 

    Quem nunca pensou: "Como seria o mundo se somente eu vivesse?". Esse é o ponto de Blecaute, essa pergunta que todos nós imaginamos e nos perguntamos é tratada como algo bom na história (Poder fazer o que quiser, poder pegar o que quiser), mas também algo ruim (Nada para fazer, solidão). Três adolescentes em uma São Paulo devastada, mostra o comportamento humano: seus pensamentos, seus desejos, seus medos.

   Eu me interessei pela história porque eu imaginei ser algo no estilo ação e mistério, mas na verdade não é nada assim. É claro, que os três jovens querem descobrir o que aconteceu com todos, mas no livro não encontramos essa resposta. A história é narrada contando a vida desses três sobreviventes e o que eles fazem quando só eles são sobreviventes. Assim, podemos ver como seria o cotidiano quando somos os únicos sobreviventes de um lugar. 

     A narrativa se torna mais interessante quando o passado se junta ao presente. Coisas que acontecem no presente fazem o personagem principal se lembrar do passado e assim podemos conhecer ele e seus amigos melhor.
   
    Depois de fechar o livro, nós ficamos nos perguntando: O que realmente aconteceu? Eles morreram? ET's atacaram nosso planeta? Seria esse o apocalipse? Mas o que importa no final é ver o quanto a solidão pode mexer com o psicológico das pessoas e o quanto é bom ter alguém do nosso lado. Agradeça por não acordar e ver que você é o único que existe na face da terra.

    Blecaute está mais do que recomendando, vale a pena ler.

Novidades para 2012

   Estamos em Dezembro e desde Julho desse ano o Riot está no ar. O blog que foi criado afim de compartilhar opiniões sobre livros vai mudar um pouco em 2012, calma, nada tão radical. Com um novo ano, estou preparando um novo layout para o mesmo e novidades nas postagens: além de opiniões de livros, você encontrará posts sobre filmes, músicas e muito mais. O blog será bem mais atualizado e trará diversos tipos de entretenimento. Mas é claro, que também conto com vocês, se você está lendo isso divulgue para todos que você conhece, conforme o blog vai crescendo muito mais será feito para vocês. Então continuem com o Riot e se preparem para 2012. 

Adivinha quem chegou? #3



   Sim, eles chegaram. A Esperança, último livro do meu vicio Jogos Vorazes e O Poder dos Seis, segundo livro da série Os Legados de Lorien.

   Os dois eram muito esperados e não vejo a hora de lê-los, na foto acima você pode vê-los. Vou comentar sobre cada um.

   A esperança é o último livro da série Jogos Vorazes da autora Suzanne Collins. Nesse livro, Katniss está pronta para se tornar o tordo, o simbolo da rebelião. Ela é a única que pode guiar e libertar todos das mãos da Capital. Em um livro de tirar o fôlego, poderemos ver o final dessa história. Várias perguntas serão respondidas e o destino de todos será traçado.

   Acho que Jogos Vorazes não é novidade para vocês não é? Comentei tanto sobre essa série e agora estou super ansioso para ler o último livro, não só por ser o último, mas também porque várias pessoas comentaram bem sobre ele.

   Falando em Jogos Vorazes, saiba tudo do filme através do site no Brasil http://www.jogosvorazesofilme.com.br/

   Já em O Poder dos Seis estamos falando sobre ET's, mas acalmem-se, não é nada daqueles verdinhos que querem dominar o nosso mundo. São seres humanos... mas de outro planeta, digamos assim.  Nessa continuação de Eu Sou o Número Quatro,  vemos número seis e número quatro em uma busca pelos outros legados, só eles poderam lutar e se livrar dos mogadorianos.

   Li o primeiro livro, amo o filme e a trilha sonora, eu sou um fã dessa série, e também não via a hora de poder ler esse livro. Ainda não sei qual a quantidade de livros que compõe a série, mas sei que o terceiro já foi anunciado, basta esperar para chegar no Brasil.

   Então, esses foram minhas duas aquisições que na verdade são presentes de natal. Como estou ocupado lendo outros livros, esses dois ficaram mesmo para depois do Natal. Contando os dias.

03/12/2011

Eclipse

   Li pela segunda vez esse livro. Acho que de toda a saga esse é o meu favorito. 

   Depois de ganhar Crepúsculo de aniversário e lê-lo novamente, depois de comprar Lua Nova e lê-lo novamente e estando numa vibe bem twilight depois de assistir Amanhecer (Vou ler o livro novamente), aproveitei e comprei Eclipse, que é claro, li em poucos dias.

    Acho que eu gosto mais desse livro, porque ele tem um ritmo rápido, ele tem grandes decisões e principalmente um pouco de ação. Descobri que Stephenie Meyer é sim uma grande escritora que soube escrever uma história atraente e bem intrigante. 

    Somos apresentados a uma Bella que está divida entre Edward e Jacob, as vezes até ficamos confusos como ela. 

    Esse livro é uma prévia de alguns acontecimentos do desfecho da série. É bem interessante. Acho que o que também o fez incrível, foi lembrar do filme e saber que a adaptação cinematográfica ficou bem parecida, inclusive agora quero ver o filme. 

     Mas também não posso deixar de falar sobre alguns pontos negativos: O livro parece ser uma história cheia de mistérios, mas na verdade se torna uma grande melação que não havia necessidade. Edward quer proteger Bella, mas Bella faz total drama por estar colocando ele em perigo, até tenta se matar por ele. Ela diz que não respira sem ele. E dá até vontade de dar um soco nela quando lemos que ela não consegue passar um dia sem ver o grande amor dela. Acho que sou uma pessoa muito insensível, porque isso pra mim foram apenas páginas de grande tédio. 

    Portanto, essas críticas não fazem o livro ruim. Tirando essas partes de pura melação, o livro é totalmente íncrivel e cheio de mistérios, medos e decisões. Fico a cada dia, cada vez mais envolvido e apaixonado por essa saga que sou fã a tanto tempo. 
    Leia a sinopse abaixo:
       
"'BELLA?' A VOZ SUAVE DE EDWARD surgiu atrás de mim. Eu me virei e o vi disparando com leveza pela escada da varanda, o cabelo esvoaçando. Ele me tomou nos braços num só movimento, como havia feito no estacionamento, e me beijou de novo. Esse beijo me assustou. Havia tensão demais, foi brusca demais a pressão de seus lábios nos meus - como se ele estivesse com medo de termos pouco tempo para nós dois."
Enquanto Seattle é assolada por uma seqüência de assassinatos misteriosos e uma vampira maligna continua em sua busca por vingança, Bella encontra-se cercada de perigos outra vez. Em meio a isso, ela é forçada a escolher entre seu amor por Edward e sua amizade com Jacob - sabendo que essa decisão tem o potencial para reacender o conflito perene entre vampiros e lobisomens. Com a proximidade da formatura, Bella tem mais uma decisão a tomar: vida ou morte. Mas o que representará cada uma dessas escolhas?
Os leitores fascinados por Crepúsculo e Lua nova vão devorar ansiosamente Eclipse - o terceiro livro da excitante saga de amor e vampiros assinada por Stephenie Meyer.

   Vale a pena ler essa saga completa e principalmente escolher Eclipse como seu livro favorito. Uma dica pra quem deseja ler: Após ler o livro, ou até mesmo antes, leiam: "A Breve Segunda Vida de Bree Tanner", muitas informações importantes para a compreensão do livro estão contidas nesse magnifico spin-off que já tem comentários no blog aqui  Leitura totalmente recomendada dos dois livros para essas férias.

   Para os interessados a conhecer um pouco mais da obra cinematográfica, confira abaixo o trailer do filme:



 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team